PublicidadeNEC

Calendário apertado e finanças precárias prejudicam o Amador

Futebol Amador de PG estabelece competições com dificuldades

Por: Lucas Matos em 14/04/2018 01:13:55 atualizado em 18/11/2018 22:59:20

Calendário apertado e finanças precárias prejudicam o Amador
Futebol Amador terá calendário apertado devido mudança de gestão - Foto: Michel Rosa

A Liga de Futebol de Ponta Grossa planeja as competições que irão acontecer neste ano. Além do Masters (+35), que já está na sétima rodada, a entidade espera organizar pelo menos outras duas competições, envolvendo cerca de 40 times de Ponta Grossa e Região.

Estão previstos para o segundo semestre: o Amador Livre e o Sênior (45+). A nova diretoria da Liga tem a expectativa da participação de 16 times na categoria Livre e outros 14 na Liga Sênior. Eles se juntarão às dez equipes do Masters.

"[texto_aspas]"Para a edição 2018 do Amador Livre, os dirigentes terão de fazer adaptações no regulamento. Com o Arbitral previsto para o dia 18 de maio e o início da competição em junho, os clubes deverão jogar a liga divididos em dois grupos. Os classificados disputarão na sequência as etapas do mata-mata da competição.

O novo presidente da Liga, César Roberto Pitela, explica que a mudança será feita para adequar o campeonato ao calendário apertado - herança das eleições tardias na entidade. “Perdemos praticamente dois meses de competição justamente porque a eleição foi só em 19 de janeiro [deveria ter ocorrido em dezembro]. Então apertou muito o calendário", reafirma o comandante.

A entidade também rechaça a ideia de que o campeonato ultrapasse a virada do ano. "Não posso estender muito, pois não posso passar o campeonato para o ano que vem. Estamos apertando o cinto de uma maneira que, se o Amador conseguir 16 times, teremos de fazer duas chaves de oito”, justifica Pitela.

Além do calendário, a situação financeira dos clubes vem sendo obstáculo para a organização de outras competições amadoras na cidade. A Liga pretendia realizar um torneio Sub-13 para "abraçar" as equipes de base, mas a baixa adesão adiou os planos.

“Infelizmente só dois clubes se inscreveram. Eu queria dar prioridade à base. Mas os clubes estão em uma situação financeira ruim na Liga. Vários devem mensalidades. Eu não tenho apoio de ninguém, não pego dinheiro de ninguém. Estou tocando no peito e na raça. Está difícil de fazer”, declara o presidente.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Amador/5925/Liga-de-Futebol-de-Ponta-Grossa-define-competicoes-para-temporada" data-text="Calendário apertado e finanças precárias prejudicam o Amador">
PublicidadeNEC