Chicão exige mudança de postura

Capitão do Operário quer time aguerrido e brigando pela vitória em casa

Chicão exige mudança de postura

Chicão volta a vestir a camisa do Operário no Estádio Germano Kruger - Foto: Josué Teixeira

PublicidadeNEC

O empate de 0 a 0 com o Cascavel ainda repercute em Vila Oficinas. Na oportunidade, o Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) criou poucas chances de gol e foi pressionado em boa parte dos 90 minutos. A partida da semana passada temde a servir como lição para o elenco alvinegro.


Na opinião do volante Chicão, a equipe precisa dar uma resposta ao torcedor e apresentar outra postura neste domingo, quando entra em campo para enfrentar o Paraná Clube, às 16h, no Estádio Germano Krüger.


“Estaremos jogando em casa e temos que vencer. Nós sabíamos da dificuldade contra o Cascavel. Era uma equipe que vinha no desespero e precisava da vitória para conseguir a classificação. Passamos por problemas, mas contra o Paraná será um jogo diferente”, garante o capitão.


Classificado para as quartas de final com duas rodadas de antecedência, o Fantasma segue com objetivos bem definidos no Paranaense. Por isso o verbo ‘relaxar’ não passa pela cabeça da comissão técnica e dos jogadores.


Leia também:

Schulle fará cinco mudanças no Operário para pegar o Paraná

Jogadores do Fantasma devem forçar terceiro cartão amarelo


“Jogando com o apoio da torcida, nós vamos fazer o possível para sair de campo com a vitória. Queremos ficar entre os quatro primeiros colocados e decidir no Germano Krüger os confrontos do mata-mata”, afirma Chicão.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC