OFEC pega o Paraná para superar ‘pior partida’ e garantir vaga no G4

Equipe deve ter cinco mudanças para jogo deste domingo no Germano

OFEC pega o Paraná para superar ‘pior partida’ e garantir vaga no G4

Pedrinho é uma das dúvidas do técnico Itamar Schulle e pode ser titular - Foto: Josué Teixeira

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) volta a jogar no Estádio Germano Kruger neste domingo (22). A partida diante do Paraná, às 16h, impõe ao Fantasma desafios pontuais, visto que a equipe já garantiu vaga para as quartas-de-final do Campeonato Paranaense.


Comissão técnica e jogadores querem apagar a má apresentação diante do Cascavel. Além disso, uma vitória sobre o adversário da capital pode garantir o alvinegro no bloco dos quatro melhores da competição, o que lhe dará vantagens na próxima fase.


Já o Paraná vem a Ponta Grossa precisando somar apenas um ponto para confirmar classsificação ao mata-mata. O Operário possui 17 pontos contra 14 do rival e o técnico Itamar Schulle deve promover cinco mudanças no Fantasma para o confronto.


O lateral direito Danilo Baia retorna após cumprir suspensão. Por conta disso, Nequinha reassume de forma efetiva a lateral esquerda. O zagueiro Sosa foi recolocado como titular ao lado de Douglas Mendes e Jhonathan Silva fará dupla de volantes com Chicão.


O único mistério segue no meio de campo/ataque. Schulle pode jogar com Pedrinho ao lado de Ruy na armação das jogadas ou escalar Joelson ou Andrezinho para forma uma trinca de ataque ao lado de Juba e Douglas.


Leia também:

Rei dos cruzamentos, Danilo Baia volta ao Operário após suspensão


“Nós conversamos bastante esta semana. Falamos da necessidade de concentração porque ainda não há nada ganho. Conseguimos apenas um dos objetivos”, crava o técnico do Fantasma. A partida de hoje tem ingressos na hora a R$ 80, com direito a meia-entrada.


Ficha Técnica:


Operário: Jhonatan; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Nequinha; Chicão, Jhonathan Silva, Ruy e Pedrinho (Joelson/Andrezinho); Juba e Douglas. Técnico: Itamar Schulle.

Paraná: Marcos; Netinho, Cleiton, Luiz Felipe e Bruninho; Jean, Marcos Paulo, Ricardinho e Lúcio Flávio; Rossi (Carlinhos) e Maiquinho. Técnico: Luciano Gusso.


Arbitragem: Rodolpho Toski Marques

Assistentes: Pedro Martinelli Christino e João Fábio Machado Brischiliari

Data/Horário/Local: 22/03/15, às 16h, no Estádio Germano Kruger.
Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC