Léo Salino escapa de primeira punição da Justiça Desportiva

Volante é absolvido por expulsão, mas passará por novo julgamento

Léo Salino escapa de primeira punição da Justiça Desportiva

Léo Salino foi absolvido após expulsão na partida contra o Coritiba, válida pela 3ª rodada - Foto: Josué Teixeira

PublicidadeNEC

O volante Léo Salino passou por julgamento ontem, no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PR), pela expulsão na partida contra o Coritiba, válida pela 3ª rodada do Campeonato Paranaense. O jogador foi absolvido e está liberado para enfrentar o Rio Branco no domingo.


Apesar da absolvição, o volante do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) ainda sentará no banco dos réus mais uma vez na próxima semana. Salino será julgado por conta do cartão vermelho recebido no confronto com o Nacional.


Nas duas ocasiões o jogador foi enquadrado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) - praticar jogada violenta. A punição pode variar entre uma e seis partidas de suspensão.


Além do atleta, o Operário também será julgado pela conduta do diretor Paulo Roberto Balansin no duelo em Rolândia. Após o apito final, o dirigente entrou no gramado e teria ironizado o desempenho da arbitragem. Nesse caso, o clube pode ser multado.


Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC