Colunas

John Lennon não desafina quando o assunto é apoiar o ataque

Por Felipe Gustavo em 01/10/2019 12:05:05

John Lennon não desafina quando o assunto é apoiar o ataque

O Operário deve apresentar oficialmente nos próximos dias o lateral direito John Lennon, que vem de empréstimo do Juventude após atuar na Série C. O jogador de 27 anos é natural de Araguaína, no Tocantins, e acumula passagens por clubes como Vila Nova, Atlético Goianiense, Botafogo, Cruzeiro, CSA e Pelotas.

Para falar da nova opção do técnico Gerson Gusmão vamos no ater às participações mais recentes de John nos clubes gaúchos. E aí mora o segredo do jogador. John vem atuando mais como meia do que como lateral.

Baseado em conversas com colegas da imprensa do Rio Grande do Sul, sabemos que no Pelotas ele jogou na linha defensiva, mas sempre com muita liberdade para apoiar. No ano passado chegou a ser meia pelo mesmo clube.

Dos 22 jogos disputados com a camisa do Juventude na temporada, menos da metade foi ao lado dos defensores. John apoia o ataque ao extremo e por isso os últimos treinadores optaram por colocar ele nas linhas mais ofensivas do setor direito. O forte do novo reforço alvinegro não é a marcação.

Tanto que no Juventude o "lateral" jogou a maior parte da Série C como ponta e, eventualmente, como meia por dentro. Um dos poucos jogos em que John Lennon começou pela lateral foi contra o Imperatriz, no Maranhão. Mas a ideia foi desfeita com apenas 20 minutos por conta das virtudes ofensivas e pela dificuldade de recomposição.

Ou seja, o Operário terá um atleta muito útil ao ataque, que usa velocidade e tem qualidade para passes e cruzamentos. Como ponta ou meia também infiltra para finalizar.

Em resumo, John Lennon joga por música na parte da frente, mas pode dar umas desafinadas atrás...

Foto: Assessoria Juventude

https://www.netesporteclube.com.br/coluna/245/john-lennon-nao-desafina-quando-o-assunto-e-atacar" data-text="John Lennon não desafina quando o assunto é apoiar o ataque">
Felipe Gustavo

FELIPE GUSTAVO

Jornalista formado pela UEPG em 2012, foi repórter de Esportes do Jornal da Manhã e setorista do Operário pelas rádios CBN e Difusora. Trabalhou no projeto Futsal Daqui, além de ter sido jornalista na Rádio MZ FM. Trabalha como assistente de produção na Rede Massa. É editor e comentarista no Net Esporte Clube.

PublicidadeNEC