Oportunismo no ataque alvinegro

Oportunismo no ataque alvinegro

PublicidadeNEC

Com média inferior a um gol por partida, o ataque foi o 'calcanhar de Aquiles' do Operário Ferroviário no ano passado. Para não repetir o erro, o Fantasma apostou alto em contratações ofensivas para a temporada 2020.

Douglas Coutinho, que estava no futebol asiático, e Bustamante, ex-CSA, são os nomes que devem vingar pelas pontas do campo. O técnico Gerson Gusmão voltará a explorar os lados de ataque, mas com dois nomes mais significativos no setor.

Inclusive, ele poderá optar por mais troca de posições entre os jogadores, o que pode deixar mais dinâmico o setor e menos previsível. Nesses casos, os dois poderão atuar se aproximando mais do centroavante e auxiliando nas finalizações.

E era justamente no 'camisa 9' que a torcida apontava mais carência. Com Schumacher e Bruno Batata apresentando números ruins no último ano, o desejo por um homem de referência era grande. Jefinho, ex-Cuiabá, é a bola da vez e me parece uma tacada certa.

O atacante foi o quarto maior artilheiro do Brasil em 2019, com 24 gols - três vezes mais do que Felipe Augusto, que foi goleador do Operário na mesma temporada. Foram 13 gols pelo Potiguar, 7 no ABC e 4 no Cuiabá.

Em conversas com companheiros da imprensa mato-grossense, tive a chance de extrair a informação de que Jefinho é oportunista e atua bem tanto de costas quanto de frente para o gol - versatilidade que o Fantasma ainda não havia encontrado na posição.

O novo centroavante também é visto como um jogador de domínio fácil. Ou seja, tem tranquilidade para colocar a bola no chão e ajeitar para uma finalização ou mesmo um passe.

A fase nos números é boa e o 'camisa 9' vai pedir passagem. Terá que mostrar o mesmo oportunismo para agarrar a vaga e cair nas graças da torcida.

* Foto: Luciano Marcos/ABC

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
Felipe Gustavo

Felipe Gustavo

Jornalista formado pela UEPG em 2012, foi repórter de Esportes do Jornal da Manhã e setorista do Operário pelas rádios CBN e Difusora. Trabalhou no projeto Futsal Daqui, além de ter sido jornalista na Rádio MZ FM. Trabalha na produção de conteúdo da Rede Massa. É editor e comentarista no Net Esporte Clube.

PublicidadeNEC