Sosa, um grande

Sabemos que os tempos não são fáceis, que cada olhada nas redes sociais é uma penúria, as notícias boas são cada vez mais raras, a esperança é um fio que lutamos em nos agarrar, isso quando não somos atingidos em cheio pela trágica notícia da morte de algum ente querido. São tempos difíceis. 

Mas quero aqui deixar meu registro de uma destas poucas notícias que proporcionou uma nesga de alívio, vindas de um dos ídolos recentes do nosso alvinegro. Sosa, zagueiro que recentemente deixou Vila Oficinas e, enquanto estuda propostas para um novo clube, se dedica aos negócios, à frente de seu empreendimento (um restaurante, um dos setores que mais sofreu nessa pandemia) foi solidário a quem está na linha de frente no combate ao coronavírus. O ex-xerife doou pizzas para equipes médicas e mais importante que o ato, foi a mensagem que passou. 

“Sei que as coisas não andam fáceis e a situação está cada vez mais desanimadora. Também conheço tua dedicação, profissionalismo e cuidado (...). Por isso, neste gesto simbólico, quis demonstrar minha gratidão, meu apoio, meu carinho e trazer uma mensagem de esperança para você”. O recado do nosso zagueiro tem a grandeza daqueles desarmes que ele fez quando vestia a camisa 4 do Operário. 

Se quando era jogador Sosa já tinha minha admiração, seja pela lealdade ao Operário, pela minha simpatia aos jogadores do “Paisito”, pelo estilo que variava entre a elegância e a virulência (algumas vezes com uma certa dose de dureza), que só zagueiros admiráveis têm a capacidade de aliar, agora, fora de campo, com este gesto o xerife ganhou mais algumas estrelas. 

Sosa, “que grande sos”, como dizem seus conterrâneos charruas. Fica aqui o registro de reconhecimento a um grande gesto. Empatia, nestes tempos tão difíceis, tem valor de ouro. Marcaste um golaço, meu zagueiro.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
Jeferson Augusto

Jeferson Augusto

Jeferson Augusto é jornalista, formado pela UEPG, com mais de 15 anos de profissão. Foi repórter de Esportes por cinco anos no Diário dos Campos, além de ter atuado nas editorias de Cidades e Política. Foi chefe de Redação do mesmo jornal e hoje é assessor de comunicação da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG). Acredita fielmente que futebol é mais do que um jogo, é uma das poucas coisas que reúne todas as sensações humanas em um curto espaço de tempo. Escreve sempre aos domingos.

Assine o Clube NEC!

Colabore para manter a nossa cobertura de jornalismo independente sobre o esporte de Ponta Grossa (PR). Você tem opção de ajudar com uma pequena quantia todo mês no crédido recorrente ou, então, um valor para o plano semestral com desconto e opção de parcelamento ou boleto bancário em cota única!