MP cobra FPF por provas de cumprimento do protocolo no Paranaense

FPF enviou os documentos nessa segunda-feira; MP ainda não se pronunciou

MP cobra FPF por provas de cumprimento do protocolo no Paranaense

FPF encontra dificuldades para prosseguir com o campeonato em algumas cidades - Foto: André Jonsson/OFEC

A Federação Paranaense de Futebol quebrou protocolo do Ministério Público ao autorizar a partida entre Operário e Coritiba no dia 3 de abril, em Ponta Grossa. A partida só poderia acontecer caso o município apresentasse taxa de transmissão da Covid-19 inferior à 1, durante 14 dias, exigência fora da realidade local. Além de autorização por parte da secretaria de saúde. Com isso, o MP exigiu explicações da entidade sobre o caso.

Procurada pela reportagem do Net Esporte Clube, a assessoria da Federação Paranaense informou que enviou os documentos exigidos pelo Ministério Público nesta segunda-feira (12) e que não irá se pronunciar sobre o caso. 

Segundo a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, não houve autorização nem proibição por parte da Prefeitura com relação à partida. Porém, a Procuradoria Geral do Município havia alertado a entidade a respeito da taxa de transmissão do coronavírus no município. E que a responsabilidade pela autorização ou não da partida, era da Federação. 

Caso a FPF não consiga comprovar o cumprimento do protocolo, a entidade poderá ser punida e condenada a pagar indenização.

Veja o parecer jurídico da Prefeitura, em resposta ao ofício enviado pela FPF: 

"Assim, diante da informação que a taxa de replicação não manteve o índice abaixo de 1 por mais de 14 dias nas últimas semanas e que o decreto municipal de nº 18.797/2021, em seu artigo 8º, inciso VII determina a suspensão de atividades esportivas amadoras coletivas como futebol, entendo que cabe a Federação Paranaense de Futebol, de posse de referidas informações, deliberar sobre o atendimento da recomendação de cota 12182210".


 

Assine o Clube NEC!

Colabore para manter a nossa cobertura de jornalismo independente sobre o esporte de Ponta Grossa (PR). Você tem opção de ajudar com uma pequena quantia todo mês no crédido recorrente ou, então, um valor para o plano semestral com desconto e opção de parcelamento ou boleto bancário em cota única!

Compartilhe essa notícia com seus amigos!