Marinho enaltece novo elo com a torcida: "conseguimos algo difícil"

Capitão do Keima não quer desperdiçar chance de consolidação do clube

Marinho enaltece novo elo com a torcida:

Camisa 7 do Keima, Marinho ostentou a faixa de capitão após a saída de Lucas - Foto: João Vitor Rezende

O título da Chave Ouro do Campeonato Paranaense não veio, mas a temporada 2016 do Keima Futsal/AFP não pode ser desperdiçada. Fora de quadra, o vice-campeão estadual estabeleceu uma nova ligação com o torcedor ponta-grossense, que passou a encher o Oscar Pereira na reta decisiva da competição.

O elo com a torcida sempre foi um dos desafios do Keima. Em diversas oportunidades, a casa rubro-negra recebia públicos baixos independente do desempenho da equipe. Um dos fatores que atrapalhou neste ano foi o formato da Chave Ouro, com uma primeira fase longa e quase sem disputas.

Para o capitão Marinho, o que se viu no Oscar Pereira na decisão contra a Copagril foi algo quase raro. "Temos que dar os parabéns para a equipe e diretoria. Nós conseguimos uma coisa muito difícil, que é trazer o torcedor até o Oscar. Temos que continuar o projeto, principalmente pela estrutura que se tem aqui", resumiu o camisa 7.

Marinho é um dos jogadores que deve negociar com a direção rubro-negra uma possível renovação. Na reta final da Chave Ouro, ele chegou a recusar outras propostas para permanecer focado na disputa do título.
Compartilhe essa notícia com seus amigos!