Dragão sofre derrota no Aspera FC por decisão unânime da arbitragem

Peso pesado de Ponta Grossa não tirou o cinturão de Junior Baby

Dragão sofre derrota no Aspera FC por decisão unânime da arbitragem

Dragão não conseguiu colocar em prática estratégia treinada nas últimas semanas - Foto: Divulgação

O lutador da Seleção Pontagrossense de MMA, Rodrigo Dragão, foi derrotado por Júnior Baby na 43ª edição do Aspera FC. Dragão era o desafiante da noite e tentava o cinturão dos pesos pesados.


A luta se estendeu até o fim do tempo, com combate em pé e no solo. Tanto na trocação como no chão Baby foi superior, mas não teve iniciativa para finalizar o combate. O campeão manteve o título por decisão unânime dos árbitros.


Segundo o treinador Paulão Zenidim Bueno, Dragão não conseguiu impor o ritmo. “Ele não conseguiu colocar em prática a estratégia que planejamos. Ambos se respeitaram muito no combate”, analisa.


O Aspera FC 43 aconteceu na cidade de Paranaguá, litoral do estado, no sábado (13). O próximo duelo de Dragão está programado para o dia 12 de setembro, no evento do Dia das Artes Marciais, em Ponta Grossa.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!