Campeonato Paranaense de Basquete deve começar no mês de setembro

NBPG será o representante da região tanto no masculino quanto no feminino

Campeonato Paranaense de Basquete deve começar no mês de setembro

Reunião entre Federação e clubes ocorreu de forma remota na última semana - Imagem: Reprodução

A Federação Paranaense de Basketball realizou a reunião técnica dos Campeonato Estaduais Adulto Feminino e Masculino, com participação de todas as equipes pré-inscritas da competição. O Novo Basquete Ponta Grossa (NBPG) será o representante da região nas duas categorias.

Além dos ponta-grossenses, outras sete equipes demonstraram interesse em participar do Paranaense Masculino. São elas: Pato Basquete, Campo Mourão Basquete, Londrina Basketball, ADRM/Maringá, São José dos Pinhais, Coritiba Monsters e Tittãs Basketball.

A previsão de início da competição é o dia 15 de setembro, enquanto a data limite para encerramento é 20 de dezembro. Na reunião ficou estabelecido que o Estadual deve ser disputado em turno único com o 'Final Four' na reta decisiva.

Já no feminino, a previsão é de que participem cinco equipes: Abasfi/Foz do Iguaçu, ADRM/Maringá, São José dos Pinhais, Londrina Basketball e Novo Basquete Ponta Grossa (NBPG). As datas pré-estabelecidas e o formato de disputa devem seguir o padrão do masculino.

“Os clubes estão dispostos a realizar uma grande competição, e todos se colocaram à disposição para conseguirmos realizar o melhor campeonato possível. Todas as decisões serão tomadas em comum acordo, e nenhuma competição será iniciada sem a total segurança de atletas, comissão técnica, árbitros e outras partes envolvidas”, confirma o diretor técnico da Federação, Daniel Lazier.

Após um novo encontro no mês de agosto serão reavaliadas as situações dos clubes inscritos, bem como a data de início do Campeonato Paranaense, tanto no naipe Feminino quanto no Masculino. Apesar da sugestão dos clubes e da Federação para início em 15 de setembro, a data dependerá das condições de segurança e liberação dos órgãos oficiais.

“Mesmo com toda esta situação que a pandemia nos trouxe, seguimos trabalhando para melhorar nossos projetos. Os atletas estão ansiosos para voltar à quadra e, nesse momento, cabe aos clubes estarem unidos para conseguirmos dar a eles as melhores condições de trabalho possíveis”, frisa o diretor do Novo Basquete Ponta Grossa, Paulo Moreira.

* Com informações da Assessoria

Compartilhe essa notícia com seus amigos!