Operário supera gramado encharcado e bate o CSA no Germano Krüger

Fantasma joga bem no segundo tempo e mantém invencibilidade na 'B'

Operário supera gramado encharcado e bate o CSA no Germano Krüger

Schumacher fez de letra e abriu o caminho para o triunfo do Operário - Foto: José Tramontin/Operário

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário abocanhou mais três pontos na Série B do Campeonato Brasileiro e assumiu a liderança provisória da competição. E novamente o Fantasma fez três gols sobre um adversário no Germano Krüger. A vítima da vez foi o CSA, de Alagoas. A equipe comandada por Gerson Gusmão fez 3 a 0 sobre o rival em um gramado encharcado.

No primeiro tempo, os alvinegros tiveram dificuldades para propor uma postura ofensiva, mas na segunda etapa veio o 'baile' dos donos da casa.

Classificação Série B

1º TEMPO

Com as entradas do zagueiro Reniê e do atacante Schumacher no time titular, o técnico Gerson Gusmão iniciou o confronto no 3-5-2 pela primeira vez. Só que o campo molhado em Vila Oficinas prejudicou a proposta alvinegra. O time não conseguia avançar e pouco encaixava a bola parada com Tomás Bastos.

De quebra, o CSA foi mais perigoso. Aos 8 minutos, Julinho e Schumacher furaram dentro da área, o jogador alagoano fez o pivô, mas Andrigo bateu torto pela linha de fundo.

Mesmo atrapalhado pelos casos de Covid-19 no elenco, o técnico Eduardo Baptista conseguia aproveitar as falhas de saída do Fantasma. A equipe de Alagoas tinha mais presença no campo de ataque.

O Operário encaixou a partir dos 30 minutos. As jogadas mais perigosas saíam pelo lado esquerdo. Thomaz, após lance individual pelo setor canhoto, entrou na área e bateu rasteiro. Cajuru espalmou no canto. Foi a melhor oportunidade alvinegra nos 45 minutos iniciais.

2º TEMPO

Gersinho abriu mão dos três zagueiros na volta do intervalo. O capitão e zagueiro Ricardo Silva deixou o campo para a entrada de Lucas Batatinha no ataque. A mudança surtiu efeito. Schumacher, aos 8 minutos, deixou a marca dele.

O centroavante aproveitou o bate e rebate na grande área e finalizou rasteiro, de letra - golaço no estilo 'Schumi'.

O meia Tomás Bastos não fazia um bom jogo, mas a bola parada dele foi precisa aos 20 minutos. O cruzamento de manual saiu na primeira trave, onde o volante Mazinho apareceu para testar no canto oposto de Cajuru: 2 a 0.

A parada até parecia decidida, mas o CSA respondeu com duas bolas no travessão de Rodrigo Viana. A primeira em chute forte de Allano e a segunda em cabeçada de Yago após cobrança de escanteio.

O técnico Gerson Gusmão aproveitou para rodar o elenco e colocar atletas mais descansados. Marcelo, Jefinho e Jimenez foram acionados nas vagas de Thomaz, Schumacher e Tomás Bastos, respectivamente.

A resposta veio em forma de gol, mas nem precisou de muito esforço. O lateral Norberto e o goleiro Cajuru bateram cabeça e se chocaram no gramado. Com os jogadores do CSA caídos, Lucas Batatinha entrou com bola e tudo, decretando o placar de 3 a 0 e mantendo a invencibilidade alvinegra na Série B.  

PRÓXIMA RODADA

O Operário retorna aos gramados no próximo domingo (23), quando faz o clássico paranaense da Série B contra o Paraná Clube. A partida na Vila Capanema, em Curitiba, será em horário diferenciado para o Fantasma: às 11h da manhã.

FICHA TÉCNICA

Operário: Rodrigo Viana; Reniê, Rafael Bonfim e Ricardo Silva (Lucas Batatinha); Sávio, Mazinho, Tomás Bastos (Jimenez), Thomaz Santos (Marcelo) e Julinho; Douglas Coutinho (Sosa) e Schumacher (Jefinho). Técnico: Gerson Gusmão

CSA: Cajuru; Caio Felipe (Rodrigo Pimpão), Leandro Souza, Luciano Castán e Igor Fernandes; Willian Rocha (Yago), Norberto, Marquinhos e Andrigo (João Paulo); Allano e Michel Douglas. Técnico: Eduardo Baptista

Gols: Schumacher (OFEC), aos 11 minutos, Mazinho (OFEC), aos 20 minutos, e Lucas Batatinha (OFEC) aos 39 minutos do 2º tempo.
Cartões amarelos: Julinho (OFEC); Bruno Grassi, Allano, Willian Rocha e Marquinhos (CSA)
Cartão amarelo (comissão técnica): Eduardo Maus (preparador físico - OFEC)

Local/Data: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR) | 18/08/2020
Arbitragem: Wanderson Alves de Sousa (MG), auxiliado por Luiz Antônio Barbosa (MG) e Marcyano da Silva Vicente (MG)

ESTATÍSTICAS DO JOGO

Posse de bola
Operário 47% x 53% CSA

Finalizações
Operário 12 x 10 CSA

Faltas
Operário 21 x 21 CSA

Passes
Operário 269 x 300 CSA

Passes certos
Operário 54% x 63% CSA

Bolas longas
Operário 11/70 x 29/64 CSA

Cruzamentos
Operário 7/20 x 3/20 CSA

Dribles
Operário 10/19 x 6/7 CSA

Desarmes
Operário 11 x 20 CSA

Interceptações
Operário 6 x 9 CSA

* Dados SofaScore

Assine o Clube NEC!

Colabore para manter a nossa cobertura de jornalismo independente sobre o esporte de Ponta Grossa (PR). Você tem opção de ajudar com uma pequena quantia todo mês no crédido recorrente ou, então, um valor para o plano semestral com desconto e opção de parcelamento ou boleto bancário em cota única!

Compartilhe essa notícia com seus amigos!