OFEC tem apenas 17 gols marcados em 18 partidas disputadas na Série B

Fantasma chegou a 6 jogos sem marcar gols e tem o sexto pior ataque

OFEC tem apenas 17 gols marcados em 18 partidas disputadas na Série B

Atacante Maranhão durante a partida contra o Cruzeiro no Germano Kruger - Foto: José Tramontin/OFEC

PublicidadeNEC

Com a derrota por 1 a 0, em jogo contra a Chapecoense na última sexta-feira (23), o  Operário chegou a 6 jogos sem marcar gols na Série B do Campeonato Brasileiro. O Fantasma ocupa a 6ª posição de pior ataque, com apenas 17 gols anotados em 18 jogos.

A média de gols marcados pelo alvinegro até aqui, fica abaixo de 1 por partida, cerca de 0,94. Dividem o sexto pior ataque, ao lado do Operário, as equipes do Cruzeiro e do Guarani. A equipe de Minas Gerais está na zona de rebaixamento e o Bugre segue na cola do Fantasma, em 13º lugar, com 21 pontos, um a menos que o OFEC. Além disso, nos últimos 10 jogos o Operário balançou as redes apenas 7 vezes.

Na última partida, os comandados de Matheus Costa conseguiram segurar a marcação e dificultar o ataque adversário que finalizou pela primeira vez após os 30 minutos do primeiro tempo. Por outro lado, a equipe do Fantasma conseguiu uma única finalização no gol, durante as duas etapas. 

‘'Sem dúvidas o que eu espero nesta semana cheia para trabalhar, é conseguir dentro do nosso contexto coletivo, dar mais espaços para os nossos jogadores de frente gastarem energia, quando a gente estiver com bola e conseguirem melhores resultados’’, afirma o treinador.

Com os atacantes em baixa, os gols do Operário na competição dividem-se entre atletas de outras posições. Dos 17 gols da equipe, apenas seis foram marcados por atacantes, dez por meias e um único gol por defensor. Entre os artilheiros da equipe, Schumacher é o representante da posição ofensiva com dois gols. Ao lado dele, os meias Clayton e Marcelo, também com dois gols, figuram a lista de artilheiros do Fantasma na Série B. 

Apesar do baixo rendimento da equipe no setor ofensivo, Matheus Costa valorizou o elenco do Operário e garantiu que a vitória irá retornar com a disposição do grupo e tempo para trabalho. ‘’A gente sabe que estes atletas, com disposição no momento que a gente tiver a bola, podem ser extremamente decisivos. O time lutando, tendo essa alma, esse sentimento de entrega e disposição, em algum momento essa maré vai mudar e eu tenho certeza que a vitória vai retornar e a gente vai brigar muito para que seja em sequência, porque esse elenco tem qualidade’’, enfatiza.

A próxima partida do Operário Ferroviário acontece no sábado (31), às 19h, no Estádio Germano Kruger, em duelo válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B, contra o Botafogo-SP. O jofo marca o final do primeiro turno da competição. 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!