Ricardo Bueno estreia com gol e atuação elogiada contra o Náutico

Atacante de 33 anos chegou ao Operário no início de novembro

Ricardo Bueno estreia com gol e atuação elogiada contra o Náutico

Ricardo Bueno durante a partida contra o Náutico no Germano Kruger - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

O atacante Ricardo Bueno chegou ao Operário no início de novembro e fez sua estreia na vitória de ontem (13) contra o Figueirense, com atuação bastante elogiada pelo treinador, torcedores e imprensa. Bueno foi escalado como titular e, aos 45 minutos do primeiro tempo, abriu o placar com um chute indefensável para o goleiro. 

“A gente sabia como a vinda dele seria importante pelas características e pelo histórico vencedor que ele tem. Ficamos felizes por ele ter realmente demonstrado isso no jogo, porque a gente vê no treinamento a qualidade. Eu como adversário já conhecia, mas no dia-a-dia você vai realmente conhecer toda a característica do atleta e foi tudo aquilo que a gente esperava dele. Agora a gente espera que ele consiga manter essa sequência e que continue sendo muito importante para nós”, destaca o treinador da equipe, Matheus Costa.

O atleta era dúvida na escalação titular, em razão da necessidade de melhorar a parte física, pois não atuava profissionalmente desde março. Ricardo é atacante de referencia, um ‘9 clássico’, mas na partida de ontem foi bastante participativo, com transições entre o meio de campo e ataque, participando também da criação de jogadas. 

No primeiro tempo o atacante deu apoio na construção e na marcação, criando algumas chances claras. Foi Ricardo quem arrumou a bola para Jean Carlo chutar e passar perto de abrir o placar para o Fantasma aos 30 minutos da primeira etapa, mas a bola acabou sendo defendida pelo goleiro Halls, do Náutico. Sobre finalizações, o jogador realizou quatro no primeiro tempo, com a principal aos 44 minutos, que resultou no gol.

“Eu já joguei contra o Ricardo inúmeras vezes e sabia da qualidade e das características dele. Ele tem essa característica de sair para o meio e a gente trabalhou em cima disso nos treinos porque eu pretendo potencializar cada atleta ao máximo. Junto com essa característica, dentro do nosso jogo a gente procurou fazer essas alterações com Ricardo saindo e ocupando como meia e alguém infiltrando para ocupar espaço no lugar dele”, explica Matheus Costa. 

Com a vitória de ontem o Operário foi a 29 pontos e ocupa a 8ª posição na tabela de classificação. No próximo sábado (21), recebe o América-MG, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. A partida está agendada para 16h30, no Estádio Germano Kruger. 
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!