OFEC perde Tomas Bastos e Thomaz para jogo contra o Brasil de Pelotas

Fantasma pode chegar até 10 desfalques na próxima rodada

OFEC perde Tomas Bastos e Thomaz para jogo contra o Brasil de Pelotas

Thomaz Santos na partida contra o Paraná - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

A agitada Série B não oferece descanso para o Operário, que já retorna aos gramados na próxima segunda-feira (30), depois de ter derrotado o Paraná na noite de ontem. O Fantasma viaja até o Rio Grande do Sul com, no mínimo, três desfalques para enfrentar o Brasil de Pelotas. Tomas Bastos, Thomaz e Julinho receberam o terceiro cartão amarelo na última partida e estão suspensos da disputa seguinte. Somando jogadores que já estavam afastados e outros que são dúvida, o alvinegro pode ter um total de 10 jogadores fora.

A dupla Tomas Bastos e Thomaz vem sendo titular na equipe de Matheus Costa. Bastos esteve fora pela contaminação da covid-19 , mas retornou na partida contra o Figueirense, com participação importante em todos os jogos desde então e assumiu a titularidade do no lugar de Jean Carlo, que contraiu o coranavirus após a disputa contra o Náutico. Já Thomaz é um dos principais jogadores ofensivos e de velocidade pelos lados do campo, enquanto Julinho é um dos suplentes na lateral esquerda e recebeu o cartão amarelo por reclamação, do banco de reservas. 

Além destes, Marcelo, camisa 10 da equipe, sentiu uma pancada no joelho após choque com o zagueiro Rafael Lima e precisou ser substituído aos 20 minutos do primeiro tempo. Marcelo é um dos principais jogadores de criação do Fantasma e também pode ficar de fora por conta da lesão, mas será avaliado pelo departamento médico.  O atacante Maranhão entrou no segundo tempo para substituir Thomaz, mas precisou ser substituído nos minutos seguintes, após sofrer uma falta. 

Para pensar na equipe titular da próxima rodada com a série de desfalques confirmados e possíveis jogadores fora, o técnico Matheus Costa enfatiza que é preciso uma análise da equipe adversária e das condições dos atletas do Fantasma. 

“Primeiro quero analisar a equipe do Brasil, que jogou e ganhou do Sampaio Correio em São Luís , então tiveram uma vitória espetacular, vencendo fora de casa um adversário que está no G4. Historicamente já joguei no Bento Freitas e não vejo muito diferente de um jogo como foi contra o Paraná, de muita  luta, muita entrega, muita briga, então talvez seja muito importante entrar com dois volantes, mas preciso ver as condições dos nossos atletas. Realmente qual é a situação do Marcelo e de outros atletas que estão com desgaste muito grande para no sábado à tarde depois dos exames a gente definir os onze que vão iniciar o jogo e os nove atletas que vão compor a nossa delegação, para a gente ir o mais preparado e o mais forte possível para buscar a pontuação lá”, declara.

O trio Douglas Coutinho, Jean Carlo e Douglas Santos seguem cumprindo isolamento em razão da contaminação pela covid-19. O lateral-direito Alex Silva sentiu uma lesão no músculo adutor da coxa, na partida contra o CSA e segue fora. O meia Clayton trata uma entorse no tornozelo com a fisioterapia e é mais um desfalque no meio campo. Quem retorna à equipe é o volante Leandro Vilela, que foi expulso diante do CSA e esteve suspenso na partida de ontem. 

Atletas e comissão técnica do Operário se reapresentaram ao clube na tarde hoje. Titulares realizam regenerativos e demais treinam em campo. A equipe viaja à noite para Porto Alegre, treina no domingo de manhã no CT do Internacional e viaja à tarde para Pelotas, onde enfrenta a equipe do Brasil. A partida está agendada para segunda-feira (30), às 17h, no estádio Bento Freitas. O jogo é válido pela 25ª rodada da Série B.
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!