Operário empata sem gols fora de casa, contra o Brasil de Pelotas

Equipes garantiram mais um ponto e seguem coladas na tabela

Operário empata sem gols fora de casa, contra o Brasil de Pelotas

Equipes não conseguiram abrir o placar na tarde de hoje em Pelotas - Foto: Carlos Insaurriaga/GEB

PublicidadeNEC

Em mais um duelo pelo meio a tabela, o Operário empatou sem gols, com a equipe do Brasil de Pelotas, na tarde desta segunda-feira (30). O Fantasma freou a equipe gaúcha que vinha de duas vitórias consecutivas e garantiu um ponto fora de casa.

Primeiro Tempo

O primeiro tempo foi marcado por boas chances da equipe gaúcha e dificuldades de criação da equipe paranaense, A partida começou truncada, com diversas faltas no meio campo logo nos 5 minutos iniciais. O Fantasma conseguiu as primeiras finalizações com chutes de Leandro Vilela, de fora da área, mas sem levar perigo ao gol. O Brasil respondeu através de jogadas pelas pontas e tentativas de cruzamentos, que resultaram em duas defesas do goleiro Thiago Braga nos 10 minutos inicias, mas sem dificuldade. 

O Operário chegou com perigo pela primeira vez aos 14 minutos, quando Jean Carlo cobrou escanteio e Bonfim subiu para mandar de cabeça, mas bola foi por cima do gol. Na sequência, aos 19, o zagueiro Ricardo Silva cometeu falta em Jarro perto da linha da área. Matheus Oliveira cobrou rasteiro, sem muita força e o goleiro defendeu tranquilamente. 

O jogo passou a ficar mais agitado, primeiro Rodrigo ferreira arriscou dentro da área, a bola parou na defesa e ficou viva dentro da área. Delatorre tentou finalizar, mas o goleiro alvinegro segurou antes. O Fantasma devolveu com Jean Carlo que cruzou pela direita, Diego Cardoso desviou para finalizar e a bola passou perto, ao lado da trave. 

O time gaúcho seguiu levando perigo ao Fantasma na segunda metade do primeiro tempo. Matheus Oliveira recebeu na cara do gol, Thiago Braga fechou o ângulo e o atacante perdeu grande chance para o Xavante. Aos 38 minutos, o goleiro alvinegro brilhou novamente e desviou chute cruzado de Jarro, que bateu bem após cobrança de escanteio.  Nos minutos finais as equipes diminuíram os ritmos do jogo, sem muitas chances e a etapa ficou em 0 a 0. 

Segundo Tempo

No segundo tempo o Xavante teve menos oportunidades claras, o Operário melhorou sua marcação e conseguiu dificultar a criação da equipe gaúcha. O alvinegro teve a primeira chance após cruzamento de Fabiano, que mandou na cabeça de Ricardo Bueno. O atacante finalizou sem equilíbrio e acabou mandando pelo lado de fora das redes. Quem assustou logo em seguida foi o Xavante, com Rodrigo Ferreira que mandou escanteio fechado para o gol e exigiu defesa do goleiro alvinegro. Pouco depois, Jarro recebeu livre na are e bateu de primeira, mas novamente Thiago Braga trabalhou e caiu para defender. 

O Brasil passou a ter mais dificuldades em chegar à área. A segunda chegada do Fantasma foi novamente em cruzamento de Fabiano para Ricardo Bueno, mas a bola foi para fora mais uma vez. O terceiro cruzamento da segunda etapa veio de Lucas Batatinha que mandou para Mazinho na primeira trave. Ele desviou de cabeça, a bola passou perto da trave mas não entrou. 

Nos acréscimos, a equipe gaúcha criou uma boa chance com bola lançada para Bruno Santos. Ele lançou de cabeça para o meio, mas Ricardo Silva apareceu para desviar em escanteio. Com as poucas chances do segundo tempo a partida terminou em 0 a 0.

Como a intensa Série B quase não oferece descanso, o Operário já retorna a campo na próxima quinta-feira (03), para enfrentar a equipe do Avaí. O jogo está agendado para às 21h30, no estádio Germano Kruger e é válido pela 26ª rodada. 

Desfalques

O Fantasma contou com apenas 7 jogadores disponíveis no banco de reservas para a disputa de hoje, sendo 6 de linha e 1 goleiro. Clayton e Alex Silva já estavam fora das últimas partidas por conta de lesão. Foram confirmadas as lesões de Maranhão, um trauma no adutor da coxa e de Marcelo, que teve uma fissura óssea no joelho. Douglas Santos, Douglas Coutinho e Jean Carlo estão recuperados da Covid-19, mas apena Jean foi relacionado para a partida. Thomaz,Tomas Bastos e Julinho cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O zagueiro Sosa e o lateral Peixoto pediram para não viajar por conta de problemas pessoais, segundo a assessoria do clube. No total, foram 10 jogadores que ficaram de fora. 

Escalações

Brasil de Pelotas: Rafael Martins; Rodrigo Ferreira, Leandro Camilo, Héverton e Alez Ruan; Sousa, Bruno Matias (Pablo) e Matheus Oliveira (Wellington Simião); Jarro Pedroso (Bruno Santos), Bruno José e Dellatore (Wesley Pacheco)

Operário: Thiago Braga; Sávio, Bonfim, Ricardo Silva e Fabiano; Leandro Vilela (Jímenez), Mazinho, Jean Carlo (Schumacher) , Rafael Chorão (Lucas Batatinha); Diego Cardoso (Reniê) e Ricardo Bueno (Pedro Ken)

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série B – 25ª rodada
Brasil de Pelotas x Operário
Local: Estádio Bento Freitas – RS
Data e horário: 30/11/20 – 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira 
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz; Luiz Fernando Viegas Colete 
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC