OFEC tem retorno de Clayton e minimiza desfalques contra o Guarani

Mesmo com retorno do atleta, Fantasma segue com apenas 3 opções no meio

OFEC tem retorno de Clayton e minimiza desfalques contra o Guarani

Clayton durante treino da equipe para a Série B - Foto: José Tramontin/OFEC

PublicidadeNEC

A escalação do Operário, principalmente pelo setor de meio campo e criação, tem sido um problema para o técnico Matheus Costa, por conta da série de desfalques que a equipe vem enfrentando, por lesões, suspensões e contaminação pela covid-19. A falta de jogadores importantes se repete contra o Guarani, mas a volta de Clayton pode aliviar no meio. 

O meia Marcelo se machucou no jogo contra o Paraná e segue fora, tratando uma fissura óssea no joelho. Tomas Bastos trata um desconforto na posterior da coxa e também não volta a campo. Jean Carlo saiu sentindo dores no primeiro tempo do jogo contra o Avaí e trata uma lesão no ligamento do joelho. 

Quem retorna como opção é o meia Clayton, que está recuperado de uma lesão no tornozelo e voltou aos treinos no último sábado. O meia ficou fora de 5 partidas por conta da contaminação da covid-19, retornou no banco de reservas do jogo contra o América-MG, se lesionou nos treinamentos, desfalcou a equipe em mais 4 partidas e retorna agora, diante do Guarani. O volante Pedro Ken, o atacante Maranhão e o lateral direito Alex Silva também seguem em recuperação de lesões e desfalcam a equipe. Ao todo o Operário tem seis desfalques e, no meio campo, apenas três opções: Clayton, Rafael Chorão e Thomaz. 

“Essa Série B está tendo uma sequência muito grande de jogos e um curto tempo de recuperação entre um jogo e outro. É natural e vai continuar sendo natural a gente perder atletas. Estamos há algumas rodadas perdendo atletas que a gente sabe que tem características individuais interessantíssimas e muito importantes pra nós. Então a gente tem que procurar criar alternativas para minimizar esses atletas que infelizmente não tão tendo a oportunidade estar com a gente. Temos que procurar ver as condições, a força máxima que nos temos para procurar equilibrar a partida para fazer um bom jogo lá e buscar os três pontos”, pontua Matheus Costa. 

A equipe treinou na sexta-feira, no sábado e no domingo pela manhã em Ponta Grossa. A viagem para Campinas foi no domingo à tarde. Hoje treina no CT da Ponte Preta e amanhã (08), encara o Guarani, às 16h30, no estádio Brinco de Ouro. O jogo é válido pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. 
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!