Matheus Costa admite nova meta do OFEC: 'Atingir os 45 pontos rápido'

Pontuação é a média necessária para livrar a equipe do rebaixamento

Matheus Costa admite nova meta do OFEC: 'Atingir os 45 pontos rápido'

Técnico Matheus Costa durante treino da equipe - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

O empate em 1 a 1, nesta sexta-feira (11), diante do Sampaio Corrêa, aproximou o Operário da zona de rebaixamento. Momentaneamente, o Fantasma fica em 12º na tabela de classificação, com 35 pontos, mas pode perder até três colocações no fim da rodada. O técnico Matheus Costa admite que o objetivo da equipe deixa de ser o acesso e passa a ser atingir os pontos necessários para se manter na Série B. 

“Acho que fica muito claro que a nossa briga é atingir os 45 pontos o mais rápido possível. Nós temos que conquistar isso pra começar a fazer nosso planejamento para 2021, para o clube poder fazer esse planejamento e hoje nós temos uma meta muito clara e definida que é buscar essa pontuação o mais rápido possível”, declara o treinador. 

O Operário iniciou o Campeonato Brasileiro com a expectativa de acesso à Série A, informação que foi confirmada inúmeras vezes pela diretoria, jogadores e comissão técnica. O Fantasma permaneceu na zona de classificação até a 6ª rodada e, desde a 7ª, quando foi derrotado pelo Avaí deixou o G4, caiu de rendimento e não conseguiu retornar.

Após uma sequencia de 17 partidas com 5 vitórias, 5 derrotas e 7 empates, com 43% de aproveitamento, o técnico Gerson Gusmão foi demitido e Matheus Costa contratado com a esperança de manter o objetivo de subir para elite do futebol, vivo. 

Desde que chegou ao Operário, Costa vem enfrentando uma série de desfalques na equipe, primeiro pela contaminação da covid-19 e, agora, por seguidas lesões de atletas. Na partida de hoje foram nove ausências, sendo oito por lesões e uma suspensão. Em 11 partidas no comando do alvinegro, Matheus Costa tem três vitórias, quatro derrotas e quatro empates. 

“Hoje eu sou muito mais um psicólogo aqui dentro do que um treinador, daqui dois dias já temos outros jogo dificílimo dentro de casa  diante da Ponte Preta e a gente tem que buscar esses 38 pontos pra gente se distanciar dessa parte  de baixo, pra gente atingir essa meta (os 45 pontos para se manter na B) e ir se tranquilizando aos poucos, a cada três pontos que a gente vai conquistando”,  destaca. 

Para atingir os 45 pontos e se livrar de um possível rebaixamento, o Fantasma precisa conquistar no mínimo 10 pontos, nas últimas 10 rodadas do campeonato. Até o final da rodada, o Operário pode cair para a 15ª colocação, apenas duas acima do Z4. 

O alvinegro já entra em campo na segunda-feira, quando encara a Ponte Preta, às 20h, no Germano Krüger, em Ponta Grossa. O jogo é válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. 
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!