Líder do Grupo Gestor, Álvaro Góes, confirma saída do OFEC em 2021

Álvaro assumiu a gestão do Operário em 2014 e deixa o Clube após 6 anos

Líder do Grupo Gestor, Álvaro Góes, confirma saída do OFEC em 2021

Álvaro Góes durante entrevista coletiva - Foto: José Tramontin/OFEC

PublicidadeNEC

O atual presidente do Grupo Gestor do Operário Ferroviário, Álvaro Góes, confirmou que deixará a gestão do Clube no início de 2021. Álvaro está à frente da diretoria desde 2014 e fez parte de todas as conquistas do Fantasma ao longo dos seis anos. 

A informação foi repassada à Raylane Martins, apresentadora do programa Show de Bola, na Rede Massa – TV Guará e confirmada pelo Net Esporte Clube. Álvaro deixa a gestão no dia 31 de janeiro – apenas um dia após o fim da Série B de 2020 – e  disse que ainda não há um substituto definido. Segundo ele, a responsabilidade da escolha ficará por conta do Presidente do Clube, David Aroldo Nascimento. 

Sobre as recentes rescisões com atletas (Sávio, Julinho e Mazinho), o gestor confirmou que são tentativas de reestruturar a equipe e eliminar quaisquer dívidas ou pendências para quem assumir o cargo no próximo ano. 

Álvaro assumiu a presidência do Grupo Gestor em 2014 e, logo no ano seguinte, a equipe foi campeã da 1ª divisão do Campeonato Paranaense. Em 2016, por outro lado, um ano após a conquista inédita, o clube acabou sendo rebaixado para a 2ª divisão estadual. Em 2017, com a conquista da Série D do Campeonato Brasileiro, o Fantasma obteve seu primeiro título nacional e em 2018 sagrou-se campeão da Série C. 

A informação é que, além de Álvaro, outros empresários que compõe o Grupo Gestor responsável por boa parte da manutenção da folha salarial do clube, também deixem a instituição no próximo ano. 
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!