OFEC bate o Oeste e praticamente garante a permanência na Série B 2021

Com o resultado, Fantasma chega aos 45 pontos e se afasta de vez da ZR

OFEC bate o Oeste e praticamente garante a permanência na Série B 2021

Rafael Oller foi o autor do primeiro gol na vitória por 2 a 0 sobre o Oeste - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

Em partida com muita chuva em Ponta Grossa, o Operário venceu o Oeste por 2 a 0 na noite desta sexta-feira (8), no Germano Kruger. Os gols foram anotados por Rafael Oller e por Pedro Ken. Com o resultado, o Fantasma vai a 45 pontos, praticamente elimina as chances de rebaixamento e se garante na Série B pela terceira temporada consecutiva. 

Primeiro Tempo

O primeiro tempo foi de poucas emoções, com as duas equipes tendo dificuldade de criar e chegar à área ofensiva. O Fantasma iniciou dominando as ações, mas sem conseguir encontrar espaços para finalizar bem. Do outro lado, o Oeste seguia com uma marcação bem postada e tentava pressionar a saída de bola do Fantasma em busca de alguma oportunidade. 

Até os 25 minutos, o alvinegro conseguiu apenas duas finalizações, uma com Alex Silva e outra com Rafael Oller, mas ambas não levaram perigo ao goleiro Caíque. A primeira chance do Rubrão veio aos 31, com Vitão.  O zagueiro tentou cruzar, pegou mal na bola, mas acabou encobrindo o goleiro e mandando no travessão. 

Com a bola rolando o Fantasma seguiu com dificuldade criar boas jogadas, infiltrar as linhas e encontrar chances de gol. Na bola parada, a melhor oportunidade veio com Marcelo, aos 43. O meia cobrou falta pela esquerda, o goleiro defendeu e a bola ainda sobrou com Oller, que foi travado na hora do chute. 

Aos 45 foi a vez do Oeste assustar na bola parada. Raí Ramos cobrou falta pela direita, a bola quicou no chão e quase surpreendeu Martín Rodriguez, que tirou com a ponta dos dedos e mandou para escanteio. A baixa criatividade refletiu no placar e o primeiro tempo ficou em 0 a 0. 

Segundo Tempo

Na segunda etapa, o Fantasma voltou tentando impor mais atitude. Logo aos 5 minutos, Douglas Coutinho fez boa jogada pela direita e inverteu par Ricardo Bueno. O atacante invadiu a área e finalizou cruzado, mas a zaga afastou.  

Aos 14, Rafael Oller recebeu lançamento no meio campo e partiu sozinho em velocidade, após dois defensores do Oeste trombarem. O meia entrou na área e finalizou de cavadinha, encobrindo o goleiro para abrir o placar.

Após sofrer o gol, o Oeste tentou pressionar e passou perto de empatar aos 23 minutos com Pedrinho, que cabeceou e mandou no pé da trave. O Fantasma ainda criou chances na sequência com Marcelo e Tomas Bastos, aos 26 e aos 29, mas o goleiro defendeu com tranquilidade. 

Nos acréscimos, Fabiano partiu pela esquerda e cruzou na área para Pedro Ken, que foi derrubado na hora do chute e sofreu pênalti cometido por Diogo. O próprio volante cobrou e mandou no canto direito do goleiro para ampliar o placar. O jogo terminou em 2 a 0 para o alvinegro.

Na próxima segunda-feira (11), o Operário entra em campo novamente. A partida é contra o Confiança, às 20h, na Arena Batistão e éválida pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. 

Escalações    

Operário: Martín Rodríguez; Alex Silva, Bonfim, Reniê e Fabiano; Leandro Vilela, Marcelo (Rafael Chorão) e Tomas Bastos (Jean Carlo); Douglas Coutinho (Maranhão), Ricardo Bueno (Schumacher) e Rafael Oller (Pedro Ken)

Oeste: Caique França; Raí Ramos, Victor Lisboa, Maurício e Rael; Lídio (Kalil), Yuri (Diogo) e Caio Vinicius; Bruno Alves (Léo Ceará), Pedrinho e Fábio 

Ficha Técnica 

Campeonato Brasileiro Série B – 33ª rodada
Operário x Oeste
Árbitro: Rafael Martins de Sá
Assistentes: Gabriel Conti Viana; Thiago Gomes Magalhães
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!