Jogadores do OFEC prestam homenagem a Paulão da Trem, vítima da covid

Atletas se abraçaram em frente a bandeira dedicada ao torcedor

Jogadores do OFEC prestam homenagem a Paulão da Trem, vítima da covid

Atletas se abraçaram no fim da partida contra a Chapecoense - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

Após a partida entre Operário e Chapecoense realizada nesta segunda-feira (25), os jogadores do alvinegro se reuniram abraçados em frente à bandeira colocada pela Torcida Trem Fantasma, em homenagem a Paulo Eduardo Caillot, torcedor e ex-presidente da Organizada, que não resistiu às complicações da Covid-19 e faleceu vítima da doença.

O popular “Paulão” tinha 37 anos, era graduado em História pela UEPG e em Sociologia pela FASF, além de torcedor fanático do time de Ponta Grossa. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Campo Largo e faleceu no do dia 17 de janeiro. 

Após o anúncio do falecimento, o clube emitiu uma nota lamentando a morte do sócio-torcedor e, na partida de hoje, prestou 1 minuto de silêncio em homenagem póstuma a Paulão. No fim da partida, os jogadores juntaram-se abraçados em frente a bandeira dedicada ao torcedor, com imagem e a frase “Paulão Eterno Guerreiro da Trem” e também prestaram homenagem. 

Foi a última partida do Fantasma pela Série B de 2020 no Germano Kruger. A equipe entra em campo novamente na próxima sexta-feira (29) para enfrentar o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. O jogo acontece às 16h30 e é válido pela última rodada da competição. 
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC