Reajustes em plano de Sócio Torcedor do Operário chegam a mais de 80%

Maiores aumentos estão nos planos mais baratos na nova configuração

Reajustes em plano de Sócio Torcedor do Operário chegam a mais de 80%

Anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira pela Diretoria do Clube - Foto: Reprodução/Facebook/OFEC

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário apresentou na tarde desta quinta-feira (4) os novos valores dos Planos de Sócio Torcedor para a temporada 2021. Os maiores reajustes estão nas nas categorias mais baratas, enquanto os planos mais caros sofreram os menores aumentos.  

O Sócio Prata, categoria mais barata, foi a que teve o maior aumento. A opção Masculina de R$ 55,00 passa a custar R$ 100,00 no novo plano, um aumento de mais de 80%. A versão feminina que custava R$ 45,00 custará R$ 55,00 a partir de agora. A categoria Ouro, de R$ 95,00 na versão masculina custa, agora, R$ 115,00. O plano feminino sobe de R$ 65,00 para R$ 75,00, enquanto o Ouro Social de R$ 80,00 fica custando R$ 105,00 com o reajuste. 

A categoria Diamante, a mais cara, foi a que menos sofreu com os aumentos. Apenas a versão masculina tem reajuste e passa de R$ 130,00 para R$ 150,00. O feminino se mantém em R$ 80,00 e o Sócio Diamante Social também permanece custando R$ 120,00. 

O Sócio Solidário, que era voltado a idosos aposentados e pessoas com renda de até um salário mínimo será limitado a aposentados ou pessoas com mais de 60 anos que recebem no máximo um salário mínimo nacional. O antigo valor era de R$ 20,00 e o novo será de R$ 30,00.

O Sócio Regional também apresenta mudanças. Antes, o torcedor de fora de Ponta Grossa pagava R$ 20,00 mais 25% do valor do ingresso. A partir de agora este torcedor pagará o valor fixo de R$ 50,00, mas não paga mais nenhum valor adicional pelo ingresso.   

Também há reajuste na categoria Sócio Kids. Crianças de 0 a 3 anos e 11 meses pagavam apenas o valor da carteirinha e, agora passará a ser cobrada uma mensalidade R$ 10,00. Crianças de 4 a 12 anos que pagavam R$ 12,00 passam a pagar R$ 20,00. 

Atualmente, o Operário conta com apenas 1980 sócios com as mensalidades em dia, enquanto 6001 estão com os pagamentos atrasados. A baixa se deve principalmente à pandemia, que impediu jogos no estádio e relatos de torcedores – nas redes sociais - de poucas ações eficientes para atrair os sócios a se manterem adimplentes. 

“O Sócio Torcedor não é aquele que paga a mensalidade apenas para assistir os jogos no Germano Kruger, ele tem que ter em mente que torce para o Operário, gosta do Operário, gosta da sua cidade  e entende que independente de ir ou não assistir jogos, estará contribuindo para que o Clube seja cada vez mais forte”, diz o diretor de Sócio Torcedor, Joelcio Miranda.

O diretor destacou, também, um benefício para àqueles sócios que mantiveram suas mensalidades sem atraso. Todos estes poderão renovar o programa pagando o mesmo valor do ano anterior, sem qualquer reajuste por mais 12 meses em todas as categorias. Atualmente o Operário não possui nenhum sistema online para renovação, novas adesões ou negociações. Todos os interessados devem comparecer à Loja do Fantasma, que fica anexo à sede do Clube, na Rua Padre Nóbrega, 265, em Oficinas. 
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!