OFEC figura entre os 40 clubes com elencos mais valiosos do país

Fantasma ocupa a 39ª posição em ranking divulgado na última semana

OFEC figura entre os 40 clubes com elencos mais valiosos do país

Fantasma está na 39ª posição em ranking divulgado pela revista Lance - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário figura-se entre os 40 clubes com elencos mais valiosos do país segundo o ranking divulgado na última semana pela revista Lance. O Fantasma está na 39ª posição da lista divulgada pelo site da revista especializada em jornalismo esportivo, especialmente em futebol. 

O site levou em conta o valor de mercado dos jogadores, de acordo com os dados do Trasfermarket, site que monitora o preço dos atletas em euro, conforme a cotação atual. O Operário assume o 39º lugar com um elenco avaliado em 3,73 milhões de Euros, aproximadamente R$ 25,3 milhões de reais. Atrás do alvinegro, na 40ª posição, vem o Botafogo-SP, equipe rebaixada para a Série C do Campeonato Brasileiro na última temporada. O elenco da equipe paulista está avaliado em 3,60 milhões de euros, cerca de R$ 24,4 milhões de reais. 

Na 38ª posição, logo à frente do Fantasma, está o Guarani, com um elenco de aproximadamente 4,08 milhões de euros e R$ 27,7 milhões de reais. Assim como o Operário, a equipe disputa a Série B do Brasileiro e terminou na 13ª posição a última temporada, cinco abaixo da equipe de Ponta Grossa, que foi a 8ª colocada.

Dos clubes que disputarão a Série B em 2021 o melhor colocado no ranking é o Vasco, na 12ª posição, com um elenco avaliado em 36,48 milhões de euros, cerca de 247,7 milhões de reais. Na sequência está o Botafogo na 13ª posição com o valor 20,28 milhões de euros 137,7 milhões de reais. Cruzeiro e Coritiba fecham a lista dos melhores colocados da na 16ª e 17ª posição respectivamente. A equipe mineira tem um elenco de 16,28 milhões de euros, por volta de 110,5 milhões de reais, enquanto o Coxa aproxima-se dos 14,45 milhões de euros e 98,1 milhões de reais. 

O top 10 é formado apenas por clubes da Série A: Flamengo (129 milhões de euros); Palmeiras (112,88 milhões de euros); Atlético Mineiro (81,10 milhões de euros); Grêmio (75,15 milhões de euros); Internacional (72,25 milhões de euros); São Paulo (65,50 milhões de euros); Corinthians (64,85 milhões de euros); Santos (57,88 milhões de euros); Red Bull Bragantino (56,48 milhões de euros) e Athletico-PR (48,15 milhões de euros). 

O Operário Ferroviário entra em campo no dia 17 de março, às 15h30 para enfrentar o Juventude Samas, do Maranhão pela 1ª fase da Copa do Brasil. 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC