Operário vence o Juventude-MA e avança para a 2ª fase da Copa do BR

Jogo terminou em 2 a 0 para o Fantasma com gols anotados na primeira etapa

Operário vence o Juventude-MA e avança para a 2ª fase da Copa do BR

Gols foram anotados por Leandro Vilela e Tomas Bastos - Foto: assessoria/Juventude

PublicidadeNEC

Mesmo com a vantagem de jogar pelo empate, o Operário pressionou e venceu o Juventude Samas por 2 a 0 na tarde desta quarta-feira (17), no Maranhão. O Fantasma avança para segunda fase da Copa do Brasil, garante mais R$ 675 mil reais em premiação, que somado ao valor inicial pela participação coloca R$ 1,2 milhão na conta do clube. Agora, o alvinegro aguarda a definição de seu próximo adversário que saíra da partida entre União Rondonópolis e Coritiba.

Primeiro Tempo

A partida começou com o Operário se impondo e encontrando as melhores chances. Logo aos 2 minutos o Fantasma chegou rápido pelas laterais com Rafael Oller que bateu cruzado pela esquerda e criou a primeira chance da partida. O Fantasma continuou pressionando, Jean Carlo foi derrubado na área, mas o juiz não entendeu como pênalti. Na confusão a sobra ficou com Leandro Vilela que arriscou de fora da área e mandou no cantinho para abrir o placar aos 5 minutos da primeira etapa. 

O jogo seguiu com o Juventude tendo dificuldades de trocar passes no meio campo e chegar ao gol. A primeira chance do Poraquê veio aos 12, quando Baianinho desceu em velocidade pela direita, mas o goleiro Simão foi rápido e mergulhou para fazer a defesa e evitar a finalização do atacante adversário. 

Aos 22, após erro na saída de bola do Juventude a bola sobrou com Jean Carlo de frente para o gol, mas o zagueiro apareceu na hora da finalização para travar o chute do atacante alvinegro. Logo na sequência, aos 24, Tomas Bastos cobrou escanteio fechado e marcou um belíssimo gol olímpico para ampliar o placar. 

 A primeira finalização clara dos donos da casa aconteceu aos 27. Dedé tentou de longe mas Simão fez defesa tranquila. Nos 15 minutos finais a chuva apertou e comprometeu um pouco a qualidade do gramado. Na reta final, o Poraquê ainda conseguiu trocar alguns passes mais rápidos próximos da área alvinegra, mas sem levar perigo ao goleiro. 

Nos acréscimos o Fantasma ainda teve chance de chegar ao terceiro gol após ótima jogada de Oller pela esquerda, que cruzou para Jean Carlo livre, mas o jogador perdeu o tempo da bola e não conseguiu cabecear. Do outro lado, o Samas teve chance de diminuir após cobrança de escanteio, quando Everton cabeceou livre, mas acabou mandando para fora, muito perto da trave do goleiro Simão. A primeira etapa terminou com vantagem de 2 a 0 para a equipe de Ponta Grossa.

Segundo Tempo

Logo no primeiro minuto o Juventude errou na saída de bola e Ricardo Bueno aproveitou. O camisa 9 rolou para Jean Carlo finalizar, mas ele acabou mandando pela linha de fundo. Na sequência, aos 2, Pedro Ken cometeu falta, levou amarelo e ficou reclamando da decisão do arbitro. Com a insistência nas reclamações, Pedro Ken levou o segundo amarelo e foi expulso, deixando a equipe com um a menos logo no início da segunda etapa.

O Juventude partiu para o ‘tudo ou nada’ com as modificações do técnico Toninho, que tirou jogadores de marcação e colocou atacantes para tentar buscar o resultado com um a mais. Mesmo sofrendo um pouco mais de pressão, o Operário seguiu sem muitas dificuldades na partida.  Aos 16 teve chance de ampliar com Fabiano. O lateral esquerdo roubou a bola na esquerda, subiu em velocidade para o ataque e finalizou cruzado, exigindo boa defesa do goleiro João Paulo. 

Aproveitando os espaços deixados pela equipe do Juventude, o Operário também pressionava mesmo com um a menos. Aos 28, Ricardo Bueno finalizou forte da entrada da área, mas a parou na defesa. Do lado do Juventude, bons passes trocados próximo à área, mas dificuldade de encontrar boas finalizações e criar chances reais de gol. 

O Fantasma passou perto de marcar o terceiro aos 37, quando Rafael Chorão cobrou falta pela esquerda e Djalma cabeceou mandando por cima do gol. O Juventude chegou a marcar aos 39, após cobrança de escanteio mas Wallace estava completamente impedido e o bandeira marcou a irregularidade. 

Nos minutos finais o Operário trocava passes e segurava a bola no ataque para gastar o tempo e apenas garantiro resultado. A partida terminou aos 51, com vitória do Fantasma e classificação garantida na segunda fase da Copa do Brasil. 

Escalações

Operário: Simão; Fábio Alemão (Djalma Silva), Bonfim, Léo Rigo e Fabiano; Leandro Vilela, Pedro Ken e Tomas Bastos (Lucas Mendes); Jean Carlo (Felipe Garcia), Ricardo Bueno (Schumacher) e Rafael Oller (Rafael Chorão)

Juventude Samas: João Paulo; Dedé, Wallace, Betão (Eduardo); Cleyton (Rafinha), Doda, Caxambu, Amendoim (João Pedro); Baianinho (Caio), Everton e Alemão (Tiago Chulapa)

Ficha Técnica

Copa do Brasil 2021 - Primeira Fase
Juventude Samas x Operário Ferroviário 
Local: Estádio Pinheirão-MA
Data e horário: 17/03/21 - 15h30
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza (MG) e Leonardo Henrique Pereira (MG)
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC