Bueno marca de pênalti e Operário vence a primeira no Paranaense 2021

Fantasma bateu o Rio Branco por 1 a 0 no Germano Kruger com gol no fim

Bueno marca de pênalti e Operário vence a primeira no Paranaense 2021

Fantasma conquistou a primeira vitória no Paranaense e segunda da temporada - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

Com gol de pênalti de Ricardo Bueno, o Operário venceu o Rio Branco na tarde desta quarta-feira (31) no Estádio Germano Kruger. Foi a primeira vitória do Fantasma no Campeonato Paranaense e a segunda da temporada. 

Primeiro Tempo

Jogando em casa, o Fantasma dominou todas as ações da partida na primeira etapa, mas teve dificuldade de encontrar o último passe e grandes finalizações. O Rio Branco não levou perigo ao gol alvinegro, pois apostou numa defesa fechada e aproveitou somente contra-ataques. 

Na bola parada, aos 20 minutos, vieram as primeiras boas chances do Operário. Rafael Oller cobrou falta pela esquerda e Ricardo Bueno mandou de cabeça, mas a bola desviou em Renato e saiu pela linha de fundo. Jean Carlo cobrou escanteio fechado e Jacy tirou na primeira trave. 

Após falta marcada próximo à entrada da área o Alvinegro teve nova chance de abrir o placar com a bola parada. Em jogada ensaiada, Djalma Silva rolou e Ricardo Bueno finalizou e acabou carimbando a barreira. 

Aos 29 veio a primeira boa chance com bola rolando. Djalma Silva cruzou pela esquerda e Jean Carlo subiu para tentar cabecear, mas errou o tempo de bola e não conseguiu finalizar de frente para o gol. Logo na sequência, outras duas chances para o alvinegro. Pedro Ken cruzou e Bueno tentou de bicicleta, mas mandou para fora aos 32. Aos 33 foi Marcelo quem arriscou o chute e exigiu a primeira defesa do goleiro Lucas. 

Nos últimos minutos, o Fantasma seguiu dominando as ações no campo ofensivo, apostando principalmente em cruzamentos, mas com dificuldade de encontrar as finalizações entre a defesa do Rio Branco. O primeiro tempo ficou em 0 a 0.

Segundo Tempo

Diferente do primeiro, o segundo tempo começou equilibrado, com o Rio Branco indo pra cima e buscando o ataque logo nos minutos iniciais, assim como o Fantasma.

Aos 3, o Operário teve a primeira chance da segunda etapa. Alex Silva Cruzou e Felipe Garcia mandou de cabeça, mas o árbitro marcou falta de ataque na jogada. O Rio Branco respondeu rápido e aos 5 minutos, no primeiro escanteio a equipe na partida, Zezinho tocou de cabeça e Simão se esticou para fazer a defesa com os pés.  Aos 6 minutos, outra grande chance da equipe de Paranaguá com Demetrhyus, que arriscou de longe e exigiu uma defesa em dois tempos do goleiro Simão.

Pelo lado dos donos da casa, Ricardo Bueno entrava sozinho na área aos 14 minutos, mas foi derrubado e uma falta perigosa foi marcada a favor do alvinegro. O próprio Bueno cobrou e passou perto de abrir o placar, exigindo boa defesa do goleiro da equipe adversária. 

Na sequencia da partida, as chances mais claras foram do Fantasma. Ao 31 minutos Djalma Silva cruzou e Schumacher mandou de cabeça no cantinho, passando muito perto de marcar o primeiro gol da equipe. Aos 42 foi a vez do Rio Branco ter a sua chance na bola parada, Zezinho cobrou falta e Jacy mandou de cabeça, pertinho do travessão. 

Em cobrança de falta Tomas Bastos mandou forte para o gol, mas o goleiro Lucas Macanhan  espalmou e impediu o gol do Operário aos 34 minutos. 

No finalzinho, Schumacher dominou na área, fez o giro e Paulo Henrique colocou a mão na bola para evitar a finalização. Ricardo Bueno foi cobrou pênalti com calma e abriu o placar para o Operário aos 45 do segundo tempo. 1 a 0 e vitória do Operário no Germano Kruger.

O Alvinegro tem jogo homologado pela Copa do Brasil na próxima semana. A disputa contra o Coritiba acontece na próxima terça-feira (6), às 19h, no Couto Pereira. Antes disso, o próximo compromisso do Fantasma é no sábado, às 16, justamente contra o Coritiba pelo Campeonato Paranaense. O jogo acontece no Germano Kruger e terá transmissão televisionada pela Rede Massa. 

Escalações

Operário: Simão; Alex Silva, Rafael Bonfim, Léo Rigo e Djalma Silva; Leandro Vilela (Tomas Bastos), Marcelo (Leandrinho) e Pedro Ken (Rafael Chorão); Jean Carlo (Schumacher), Rafael Oller (Felipe Garcia) e Ricardo Bueno

Rio Branco: Lucas Macanhan; Leo Simas, Renato, Jacy e Pedro Botelho (Hygor); Paulo Henrique, Bernardo (Michel) e Zezinho; Weverton (Douglas), Demethryus (Vitor)  e Jacó (Bruno Andrade)

Ficha Técnica

Campeonato Paranaense 2021 – Operário x Rio Branco
Local: Estádio Germano Kruger
Data e horário: 31/03/21 – 16h
Árbitro: CRISTIAN EDUARDO GORSKI DA LUZ
Assistentes: ROBERTO RIVELINO DOS SANTOS JUNIOR; TOM GOMES ROCHA
Quarto árbitro: CLEBERTON PONCE DA SILVA
  

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC