Operário encara o Coritiba em Joinville pela 2ª fase da Copa do Brasil

Fantasma busca classificação inédita para a terceire fase da competição

Operário encara o Coritiba em Joinville pela 2ª fase da Copa do Brasil

Disputa acontece na Arena Joinville e garante uma vaga na terceira fase - Foto: João Vitor Rezende

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário viajou até Joinville para enfrentar o Coritiba nesta terça-feira (6), em jogo válido pela segunda fase da Copa do Brasil. A partida tem mando do Coxa, mas será realizada em solo catarinense em razão do Decreto Municipal que proíbe a realização de jogos na capital do Paraná. 

O Fantasma busca uma classificação inédita para a terceira fase, após ter vencido o Juventude Samas, do Maranhão, por 2 a 0, no dia 17 de março. No último sábado, pelo Paranaense, o alvinegro derrotou a equipe reserva do Coxa  por 1 a 0 no Germano Kruger e quebrou um tabu, já que não vencia desde 2015, quando se sagrou campeão estadual no Couto Pereira. 

“Nós não podemos achar que porque vencemos o Coritiba no sábado vamos vencer o Coritiba amanhã, muito pelo contrário, talvez crie até uma motivação a mais pra eles fazerem o melhor amanhã. Nós temos que seguir com a mesma cautela, com mesmo respeito ao nosso adversário. Como já disse no sábado, são duas equipes que tem uma proposta de jogo, que competem muito e pequenos detalhes podem fazer a diferença. Nesses dois dias pós-jogo estamos nos preparando da melhor forma possível e buscando manter nosso nível de concentração para que a gente busque essa classificação”, analisa Matheus Costa.

A equipe de Ponta Grossa tem quatro participações na competição nacional: 2013, 2016, 2020 e 2021. No primeiro ano, o time não avançou para a fase, enquanto nos dois anos seguintes parou por aí. Desta vez, busca vencer o rival Coritiba e avançar para a fase 3 do torneio de maneira inédita.

Esta fase do torneio continua sendo disputada em jogo único, mas não há vantagem de empate para o visitante. Caso a partida termine com placar igualado, a classificação será decidida nos pênaltis.

Para o jogo de amanhã, o técnico Matheus Costa não terá à disposição os meias Pedro Ken, suspenso após ser expulso na partida contra o Juventude, e Thomaz, que segue no Departamento Médico tratando uma entorse no tornozelo direito.

Para o lugar de Ken, Matheus Costa tem à posição Tomas Bastos e Rafael Chorão. O recém chegado Leandrinho também é cotado para ocupar a vaga e, por último, Schumacher é uma opção na área, liberando Ricardo Bueno para atuar no meio. O resto da equipe deve ser mantida pelo treinador. 

A transmissão da partida com imagens será apenas pelo Premiere, para assinantes. A Rádio OFEC e demais rádios da região também transmitem a disputa.

Prováveis Escalações

Operário: Simão; Alex Silva, Bonfim, Léo Rigo e Djalma Silva; Leandro Vilela, Marcelo e Tomas Bastos (Rafael Chorão); Jean Carlo, Ricardo Bueno e Rafael Oller

Coritiba: Wilson; Natanael, Wellington Carvalho, Luciano Castán e Romário; Val, Willian Farias e Rafinha (Waguininho); Robinho, Igor Paixão e Léo Gamalho

Ficha Técnica

Coritiba x Operário – Copa do Brasil – 2ª fase
Local: Arena Joinville
Data e horário: 06/04/21 – 19h
Árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias e Luis Diego Nascimento Lopes (PA)
Quarto árbitro: Leonardo Ferreira Lima
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC