OFEC leva 5 gols no mesmo jogo pela segunda vez; Costa 'blinda' defesa

Time perdeu para o Náutico por 5 a 0 e para Guarani por 5 a 2 na Série B

OFEC leva 5 gols no mesmo jogo pela segunda vez; Costa 'blinda' defesa

Fantasma perdeu por 5 a 0 para o Náutico, pela 9ª rodada - Foto: Tiago Caldas

PublicidadeNEC

O Operário sofreu 5 gols em uma mesma partida pela segunda vez no Campeonato Brasileiro Série B.  A derrota para o Náutico na noite de ontem (02) foi marcada por uma sequência de erros defensivos, especialmente da zaga alvinegra. 

O Fantasma mais uma vez não foi eficiente no setor ofensivo e, além disso, sofreu o primeiro gol antes dos 10 minutos iniciais. O Timbu ainda ampliou aos 28. No segundo tempo, Jean Carlos fez o terceiro, aos cinco, Paiva marcou o quarto e Iago Dias fechou a goleada, aos 44.

Em todos os lances, a defesa teve erros que contribuíram para as finalizações bem sucedidas do Náutico. Bola nas costas, jogador livre de marcação, desentendimento entre lateral e zagueiro, perder na velocidade, entre outros pontos. No entanto, para o técnico Matheus Costa, os problemas são consequências de falhas do time como um todo.

“Eu não vejo só a nossa linha defensiva culpada. É uma culpa coletiva, que todos fazem parte. Tivemos quatro ou cinco partidas que não tínhamos tomado gol, um mérito também de toda a equipe. Hoje, pelos erros, não podemos considerar só a defesa. Nós não tivemos um ímpeto de pressionar lá na frente, consequentemente atinge a marcação no meio e isso também afeta a defesa. Óbvio que eles têm a responsabilidade defensiva, mas isso passa por um processo de equipe”, destacou o treinador Alvinegro. 

Os titulares da zaga foram Reniê e Rodolfo Filemon, dupla que vem sendo escalada na maior parte da temporada. Na goleada para o Guarani, 5 a 2 na segunda rodada, a dupla também foi formada pelos dois atletas. Ambos nunca foram substituídos e jogaram todas as partidas desde que assumiram a vaga entre os 11 inicialmente escalados.

O Operário entra em campo novamente na próxima terça-feira (06) para enfrentar o Londrina, às 15h20, no Estádio Germano Kruger. O jogo é válido pela semifinal do Campeonato Paranaense. No Estadual, Reniê não pode atuar porque retornou ao clube após o limite de inscrições.Pela Série, a próxima disputa é no dia 10, às 11h, contra o Brasil de Pelotas, em Ponta Grossa. 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC