Operário e Londrina se enfrentam por vaga na final do Paranaense

Partida decisiva acontece nesta terça-feira (06), em Ponta Grossa

Operário e Londrina se enfrentam por vaga na final do Paranaense

Disputa vale vaga na semifinal do Estadual e Fantasma precisa vencer - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário vai encarar o Londrina nesta terça-feira (06), pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Paranaense. A partida acontece às 15h20, no Estádio Germano Kruger e vale vaga na final do Estadual.

O Tubarão venceu no Estádio do Café por 1 a 0 e tem a vantagem do empate para avançar. O Operário precisa ganhar por dois gols de diferença ou mais para se classificar no tempo regulamentar. Caso o Fantasma vença por um gol, a decisão será nos pênaltis. 

“Nós batalhamos muito para chegar neste momento, como é o caso da partida de amanhã, fazendo um estadual positivo, de uma forma consistente. Chegamos em uma situação em que precisamos dar uma resposta ao torcedor e vejo nossa equipe bem preparada para essa decisão. É algo que almejamos desde o início da pré-temporada. Por méritos próprios, estamos trazendo esse duelo para o Germano Krüger e esperamos corresponder com a classificação”, salientou o técnico Matheus Costa. 

Na primeira fase da competição, o Operário foi o primeiro colocado, com 23 pontos, sete vitórias, dois empates e duas derrotas. Nas quartas-de-finais, encarou o Azuriz. Na partida de ida, o duelo terminou em 1 a 0 para os mandantes. Na volta, o resultado foi 1 a 0 para o Fantasma, com gol anotado por Silva. Nas penalidades, a equipe venceu por 4 a 3 e avançou às semis. 

Para esta partida, o Fantasma  não terá o zagueiro Reniê, os atacantes Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio, que chegaram depois e não estão inscritos. O artilheiro Ricardo Bueno, bem como Rafael Bonfim, Cleyton e Marcelo Santos desfalcam a equipe por lesão. 

Do lado do Londrina, o goleiro Cézar, os zagueiros Marcondes e Augusto, o lateral-esquerdo Luiz Henrique, os volantes Marcelo Freitas e Jean Henrique e o atacante Salatiel não farão parte do elenco que  disputa a semifinal. Os jogadores foram poupados por decisão do treinador Roberto Fonseca, que também não viajou para o confronto.  A equipe busca manter o foco na Série B. 

Prováveis Escalações

Operário: Simão; Alex Silva, Fábio Alemão, Rodolfo Filemon e Djalma Silva; Leandro Vilela (Rafael Chorão) Tomas Bastos e Marcelo; Jean Carlo, Thomaz (Rafael Oller), Felipe Garcia (Schumacher)

Londrina: Dalton; Luan, Zé Pedro, Lucas Costa e Felipe Vieira; Pedro Cacho, Matheus Bianqui e Danilo; Douglas Santos, Tiago Orobó e Juan

Ficha Técnica

Campeonato Paranaense - 2º jogo Semifinal 
Operário x Londrina
Local: Estádio Germano Kruger
Data e horário: 06/07/1998 - 15h20
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Assistentes: Zacarias Chumlhak e Tom Gomes Rocha
Quarto árbitro: André Felipe Olivério

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC