Na abertura do returno, Operário enfrenta o Vasco no Germano Krüger

Fantasma busca a vitória em casa para não se distanciar do G4 da competição

Na abertura do returno, Operário enfrenta o Vasco no Germano Krüger

No jogo do 1º turno, o Fantasma venceu o time vascaíno por 2 a 0 no Rio. Foto: Rafael Ribeiro/CRVG

PublicidadeNEC

O Operário Ferroviário volta a campo neste sábado (21), contra o Vasco, no Estádio Germano Krüger. O jogo marca a abertura do segundo turno da Série B e o reencontro entre Matheus Costa e Lisca, que trabalharam juntos no Paraná Clube, em 2017. A relação dos dois profissionais é recheada de polêmicas e desanvenças. Em 2017, quando Lisca foi demitido do Tricolor da Vila Capanema, o motivo da demissão teria sido uma suposta briga entre o técnico e o então auxiliar Matheus Costa. O presidente do Paraná Clube na época, Leonardo Oliveira, classificou o episódio como 'um dia de fúria' de Lisca, que por sua vez negou qualquer tipo de agressão contra o agora técnico do Fantasma. No ano passado, quando o Operário enfrentou o América-MG pela Série B, Lisca não ficou no gramado alegando indisposição.

Para a partida de amanhã, as duas equipes vivem momentos distintos no campeonato. O Operário vem de quatro jogos de invencibilidade, com duas vitórias e dois empates. Já o Vasco da Gama chega pressionado após duas derrotas consecutivas. Além dos problemas dentro de campo, o clube ainda vive situação delicada fora dos gramados. Na última terça-feira (17), a Justiça do Trabalho determinou a execução de cerca de 93 milhões de reais do Vasco. O valor é referente a todas as dívidas trabalhistas do Cruz-Maltino, de uma vez só

Em relação a escalação do Fantasma, o treinador Matheus Costa deve iniciar com Fabiano na lateral-esquerda e Djalma Silva jogando adiantado, como ponta. Já o meia Rafael Longuine, que estava cotado para retornar, ficará afastado por mais uma semana tratando de uma lesão muscular de grau I na coxa esquerda. Na zaga, Matheus Costa pode repetir a formação com 3 defensores ou voltar à formação usual da equipe, o 4-2-3-1.

Já o Vasco tem o time praticamente definido, sem a presença de MT e Juninho, mas com os retornos do goleiro Vanderlei e do atacante Morato. O volante MT foi flagrado em uma festa e afastado da partida, enquanto Juninho está cumpre punição do STJD após ser expulso no jogo contra o Goiás. Vanderlei reassume a condição de titular após cumprir suspensão e Morato volta a ficar à disposição depois de ter contraído Covid-19. 

A partida entre Operário Feroviário x Vasco será o primeiro jogo da história do Fantasma com árbitro de vídeo. No 2º turno da Série B, todos os jogos da competição terão auxílio do VAR.

Prováveis Escalações:

Operário: Simão, Alex Silva, Reniê, Fábio Alemão (Filemon), Fabiano; Marcelo Santos, Leandro Vilela, Marcelo Oliveira; Thomaz Santos, Silva e Paulo Sérgio

Vasco da Gama: Vanderlei; Léo Matos, Miranda, Ricardo Graça  e Zeca; Rômulo, Bruno Gomes e Sarrafiore; Marquinhos Gabriel, Jabá e Cano.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série B - 20ª rodada
Operário Ferroviário x Vasco da Gama
Local: Estádio Germano Krüger
Data e horário: 20/08/21 - 19h
Árbitro: Braulio da Silva Machado - SC
Assistentes: Kleber Lucio Gil - SC e Thiaggo Americano Labes - SC
Quarto árbitro: Luiz Alexandre Fernandes – PR
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Dalonso Ferreira – SC
AVAR: William Machado Steffen – SC
Observador de VAR: Ednilson Corona - SP

 

Assine o Clube NEC!

Colabore para manter a nossa cobertura de jornalismo independente sobre o esporte de Ponta Grossa (PR). Você tem opção de ajudar com uma pequena quantia todo mês no crédido recorrente ou, então, um valor para o plano semestral com desconto e opção de parcelamento ou boleto bancário em cota única!

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC