OFEC perde da Ponte Preta em jogo que marca a volta da torcida ao GK

Fantasma chegou ao quinto jogo sem vencer na Série B

OFEC perde da Ponte Preta em jogo que marca a volta da torcida ao GK

Partida terminou em 2 a 1 para a equipe paulista no Germano Kruger - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

No primeiro jogo com a volta da torcida ao Germano Kruger, o Operário perdeu por 2 a 1 da Ponte Preta, que teve dois jogadores expulsos, na noite desta quarta-feira (22). Com o resultado, o Fantasma chega à quinta partida sem vitória, ficando com 34 pontos, na 10ª posição na tabela da Série B. 

Primeiro Tempo

Os dois times entraram pressionando na marcação e buscando o ataque. Logo aos 6 minutos, Marcelo conseguiu bom passe para Alex Silva, que avançou em velocidade, rolou para Marcelo novamente e entrou na área para receber de volta, mas caiu em uma trombada com Rayan. Jogadores, comissão técnica e a torcida alvinegra presente reclamaram de pênalti, mas o VAR analisou e mandou seguir.

A Ponte Preta se apresentou bem aos 9 minutos. Moisés recebeu lançamento na frente, avançou nas costas da zaga e finalizou cruzado dentro da área, mas Simão espalmou. No rebote a bola ficou com Richard, que dominou no peito, mas escorregou e a zaga conseguiu cortar. 

Após alguns minutos menos intensos das equipes, a Macaca voltou a chegar ao ataque, aos 21 minutos. André Luiz recebeu pelo lado direito e arriscou o chute para o gol. A bola fez curva, confundiu o goleiro Simão e morreu no fundo do gol. Bonito gol para abrir o placar no Estádio Germano Kruger.

O Fantasma respondeu aos 23, quando Djalma Silva chutou de fora e a bola passou ao lado da trave esquerda, assustando o goleiro Ivan. A equipe do técnico Matheus Costa seguiu em busca do empate e teve oportunidade na bola parada, aos 26. Paulo Sérgio cobrou falta na entrada da área e acertou a trave; a bola voltou nos pés de Marcelo, que aproveitou o rebote e guardou deixando tudo igual. 

Já aos 45, no fim da primeira etapa, Moisés fez bela jogada individual, driblou e deixou para trás a marcação de Rodolfo Filemon. Ele foi até a linha de fundo e cruzou para Rodrigão na segunda trave, que chutou para dentro e fez o segundo da equipe paulista. A partida foi até os 49, com vantagem da Ponte no placar.

Segundo Tempo

O segundo tempo começou animado para os dois lados. Primeiro aos 3, Richard recebeu após cruzamento lateral, ficou cara a cara com o goleiro do Fantasma, que conseguiu fazer boa defesa. Na sequência, aos 5 minutos, os donos da casa chegaram trocando bons passes e Thomaz bateu no ângulo de dentro da área, mas Ivan voou para fazer a defesa e evitar o empate. 

O Operário fez linda jogada com Paulo Sérgio aos 14. O camisa 9 recebeu, driblou a marcação pelo meio, limpou e mandou um chute consciente, mas a bola bateu na trave, atravessou o gol e saiu pela linha de fundo.  

A equipe paranaense continuou se impondo e melhor na partida na segunda etapa. Aos 18 minutos, Djalma Silva cobrou falta e mandou uma bomba para o gol, mas Ivan defendeu. O rebote ficou nos pés de Rafael Oller, que se atrapalhou mas conseguiu finalizar e Kevin precisou tirar em cima da linha para salvar mais uma vez. 

Aos 27 minutos, a Ponte ficou com um a menos em campo. André Luiz cometeu falta em Rafael Oller, já tinha amarelo, levou o segundo, e foi expulso de campo. Com um a mais, o Operário teve chance com Alex Silva, que cortou e bateu da entrada da área. A bola desviou em Oller, enganou o goleiro, mas foi para fora. 

Aos 44, Fabio Santos também levou o vermelho. O zagueiro recebeu o segundo amarelo por falta em Rodrigo Pimpão e a Ponte seguiu com dois jogadores a menos até o fim da partida, que teve 8 minutos de acréscimos. 

A pressão total seguiu sendo do Fantasma, assim como em toda a etapa final. Dentro da área, Alanzinho mandou um belo chute aos 50 minutos, mas Ivan pulou alto e fez outra grande defesa na partida. A partida terminou com vitória da Macaca por 2 a 1 no placar. 

Escalações

Operário: Simão; Alex Silva, Rodolfo Filemon, Reniê e Silva; Marcelo Santos (Vinicius Guedes), Marcelo Oliveira (Schumacher) e Rafael Longuine (Alanzinho); Thomaz Santos, Felipe Garcia (Rafael Oller) e Paulo Sérgio

Ponte Preta:  Ivan, Kevin, Fábio Sanches, Rayan e Rafael Santos; André Luiz, Marcos Júnior (Yago) e Fessin (Lucas Cândido); Richard (Iago), Moisés (Niltinho) e Rodrigão (João Veras)

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série B - 25ª rodada
Operário Ferroviário x Ponte Preta
Data e horário: 22/09/21 - 21h30
Local: Estádio Germano Krüger
Árbitro: Fábio Augusto Santos Sá Júnior (SE)
Assistentes: Rodrigo Guimarães Pereira (SE) e Daniel Vidal Pimentel (RS)
Árbitro de Vídeo: Wagner Reway (PB)

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC