Após derrota, Matheus Costa admite dificuldade em buscar o acesso

‘Não adianta iludir o torcedor’, afirmou o treinador após novo tropeço

Após derrota, Matheus Costa admite dificuldade em buscar o acesso

Técnico Matheus Costa reconheceu dificuldade de buscar o G-4. Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

Ao ser batido pela Ponte Preta por 2 a 1, na noite da última quarta-feira (22), o Operário chegou a sua 5ª derrota jogando como mandante nesta série B (na 2ª rodada, a equipe jogou no Couto Pereira, em Curitiba, por conta da reforma no gramado do Germano Krüger na época). 

Após a derrota para a Ponte, em entrevista coletiva, o treinador Matheus Costa admitiu que a briga por uma vaga no G-4 ficou muito difícil. 

“Temos que ser sinceros. Não adianta ficar iludindo a torcida. Nós criamos uma expectativa gigantesca quando terminamos a temporada passada. Iniciamos a atual temporada com a melhor campanha da história do Operário na fase classificatória do Paranaense, então isso gerou uma expectativa grande”, afirmou o técnico. “É óbvio que ficou muito mais difícil a briga pelo acesso, mas nós temos que honrar a camisa do Operário”, completou. 

Com o revés para a Macaca, o Operário chegou ao 5º jogo seguido sem vitória na série B, com 3 derrotas e 2 empates. Atualmente, com 34 pontos, o Fantasma está a 9 pontos da zona de rebaixamento e a 10 pontos do G-4. 

A delegação do Operário já embarcou para Aracaju-SE, onde enfrenta o Confiança no próximo sábado (25). A partida começa às 17h30 e é válida pela 26ª rodada da Série B 2021. 

Assine o Clube NEC!

Colabore para manter a nossa cobertura de jornalismo independente sobre o esporte de Ponta Grossa (PR). Você tem opção de ajudar com uma pequena quantia todo mês no crédido recorrente ou, então, um valor para o plano semestral com desconto e opção de parcelamento ou boleto bancário em cota única!

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC