‘Não sou covarde’, diz Matheus Costa sobre possibilidade de demissão

Treinador reforçou que ainda acredita na retomada das boas atuações do time

‘Não sou covarde’, diz Matheus Costa sobre possibilidade de demissão

Técnico M. Costa vive sua pior sequência no OFEC desde o ano passado. Foto: José Tramontin/Arquivo OFEC

PublicidadeNEC

O Operário chegou ao 6º jogo consecutivo sem vitória ao perder para o Confiança no último sábado, por 1 a 0, em Aracaju. Com a derrota, o Fantasma caiu para a 12ª colocação, com 34 pontos. Atualmente, a equipe está a 9 pontos do Z-4. 

Na entrevista coletiva após o jogo contra o Confiança, o técnico Matheus Costa comentou sobre a possibilidade de sair do Operário neste momento. “Sou um treinador longe de ser covarde. Talvez a coisa mais fácil para um treinador seja pedir para sair. Não vou tirar minha responsabilidade. Não sou covarde de pedir para sair em hipótese alguma, mesmo sabendo de toda a pressão”, afirmou o treinador. 

Pressionado, o treinador também acrescentou que mudanças acontecerão na formação da equipe que entra em campo amanhã, contra o Vila Nova. Para essa partida, o comandante contará com o retorno do lateral-esquerdo Djalma Silva, que cumpriu suspensão no último jogo contra o Confiança. Outras mudanças também podem acontecer no meio e no ataque, como a entrada de Alan e de Gustavo Coutinho, por exemplo. 

A delegação do Operário chega em Goiânia hoje (27) por volta das 22h30, por conta da impossibilidade de voos de Aracaju para Goiânia no fim de semana. A partida desta terça-feira (28) inicia às 21h30 e é válida pela 27ª rodada da Série B. 

Assine o Clube NEC!

Colabore para manter a nossa cobertura de jornalismo independente sobre o esporte de Ponta Grossa (PR). Você tem opção de ajudar com uma pequena quantia todo mês no crédido recorrente ou, então, um valor para o plano semestral com desconto e opção de parcelamento ou boleto bancário em cota única!

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC