‘Baixinhos’ do Operário infernizam zaga rival e destacam ataque veloz

Trabalho intenso fará com que atacantes melhorem condição física

‘Baixinhos’ do Operário infernizam zaga rival e destacam ataque veloz

Rossi pretende melhor fisicamente para seguir como titular no Operário - Foto: Divulgação/Operário

PublicidadeNEC

A nova dupla do ataque do Operário faz avaliação positiva do entrosamento na primeira partida que jogou juntos. Os dois avantes tem a mesma altura 1,70 m e a preferência de chute com a perna direita. Estamos falando dos rápidos atacantes da equipe alvinegra: Joelson e Rossi.


A formação para o jogo contra o Red Bull Brasil teria Lúcio Flávio e Rossi – que treinaram durante a semana - mas de última hora Joelson ficou sabendo que faria dupla com o parceiro Rossi. A contusão de Lúcio Flávio foi uma surpresa até mesmo para os jogadores.


“Assim que fiquei sabendo que iria jogar fiquei muito focado. Nosso time estava muito rápido do meio para frente e tive a felicidade de marcar um gol. Itamar optou pela formação rápida e surpreendemos o adversário”, avaliou Joelson autor do primeiro gol da partida.


Leia também:

Danilo Báia e Marcos Paraná se apresentam ao Operário


Para o companheiro Rossi, o entrosamento foi uma arma muito importante para a vitória. “Apesar de ser minha estreia, fiquei muito feliz do entrosamento rápido que conseguimos ter. Vou procurar trabalhar para ficar entre os onze, ma sei que o grupo tem grandes jogadores”, afirma.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!