Operário bate o CSA em Alagoas e volta a vencer após mais de 2 meses

Fantasma conquistou o resultado depois de 10 jogos e fica mais longe da ZR

Operário bate o CSA em Alagoas e volta a vencer após mais de 2 meses

Rodrigo Pimpão foi autor de 2 dos 4 gols na vitória alvinegra sobre o CSA - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

Em jogo de muitos gols, o Operário venceu o CSA em Alagoas, na noite deste sábado (22). O Fantasma voltou a vencer depois de dois meses e abriu vantagem de 6 pontos da zona de rebaixamento, ficando na 14ª posição. Felipe Garcia, Paulo Sérgio e Rodrigo Pimpão (2x) marcaram os gols que definiram a vitória por 4 a 2. 

Primeiro Tempo

A partida começou equilibrada, com as duas equipes buscando jogo e tentando encontrar o caminho do gol. Logo aos 7 minutos, o Fantasma descolou um escanteio e Marcelo foi para a bola. O meia levantou na área e Felipe Garcia cabeceou sozinho na primeira trave, mandando para dentro do gol para abrir o placar no início. 

O jogo seguiu agitado, com o CSA buscando o empate enquanto Operário tentava manter o controle da partida. Aos 19 minutos, a equipe de Alagoas conseguiu marcar, quando Iury Castilho ganhou da marcação de Alex Silva e cruzou na área para Delatorre, que pegou de primeira e marcou um golaço, sem chance de defesa para Thiago Braga. 

Após o segundo gol, o jogo ficou um pouco mais truncado, com muitas faltas no meio de campo e erros de passe. Aos 28 minutos, o goleiro alvinegro se complicou na saída de bola e quase perdeu, mas conseguiu se recuperar e evitar uma chance de perigo para o azulino.

A intensidade seguiu menor do que nos primeiros minutos, mas aos 37,Silva arriscou do meio da rua, a bola desceu e tocou na rede, por cima do gol do CSA. Logo depois, aos 38, Gabriel mandou a bola na área, Dellatorre fez o pivô, deu passe para Cristovam bater forte e Renato Cajá desviar para as redes e marcar pela virada da equipe Azulina. Sem outras grandes chances, o árbitro apitou aos 47, com vantagem do CSA no placar.

Segundo Tempo

Assim como no primeiro, o segundo tempo também teve um começo agitado. Logo aos 3 minutos, Cristovam deu um pisão em Thomaz dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Após a checagem veio a confirmação e Paulo Sérgio foi para a bola. O camisa 9 bateu bem e deixou tudo igual novamente no Rei Pelé.

Os donos da casa tentaram responder aos 7 minutos, quando Gabriel recebeu dentro da área, saiu da marcação e soltou uma bomba em direção ao gol, mas Thiago Braga fez boa defesa e mandou para escanteio. 

A partida seguiu com poucas chances, mas aos 29 minutos as mudanças do técnico Ricardo Catalá surtiram efeito. Rafael Chorão levantou na segunda trave e Rodrigo Pimpão apareceu livre para tocar para o fundo do gol. Virada do Fantasma, 3 a 2.

No finalzinho, aos 43 minutos, Rodrigo Pimpão recebeu passe de Rafael Longuine na segunda trave e mandou para o gol, marcando o segundo dele no jogo e quarto do Fantasma para consagrar o resultado. O árbitro apitou aos 47, com vitória do Alvinegro após 10 jogos sem o resultado. 

Escalações:

CSA: Lucas Frigeri; Cristovam (Everton Silva), Matheus Felipe, Lucão e Ernandes; Geovane, Yuri (Bruno Mota) e Gabriel; Renato Cajá (Didira), Iury Castilho e Dellatorre.

Operário: Thiago Braga, Alex Silva (Lucas Mendes), Reniê, Odivan e Silva; Leandro Vilela, Marcelo Oliveira (Rafael Chorão) e Pedro Ken (Rafael Longuine); Felipe Garcia  (Rodrigo Pimpão), Thomaz Santos (Fabiano) e Paulo Sérgio

Ficha Técnica:

Campeonato Brasileiro Série B - 31ª rodada
CSA x Operário Ferroviário
Data e horário: 23/10/21 - 19h
Local: Estádio Rei Pelé
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Luis Diego Nascimento Lopes (PA) e Bárbara Costa da Roberta Loiola (PA)
Árbitro de Vídeo: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC