Operário não suporta pressão no 2º tempo e perde por 3 a 1 do Coritiba

Fantasma acabou derrotado pelo líder e segue na mesma posição na tabela

Operário não suporta pressão no 2º tempo e perde por 3 a 1 do Coritiba

Operário foi derrotado por 3 a 1 no Couto Pereira - Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

Em partida com recorde de público no Couto Pereira, o Operário foi derrotado por 3 a 1 pelo líder Coritiba, na noite desta quarta-feira (03). Com o resultado, o Fantasma segue na 12ª posição, mas pode perder uma colocação até o fim da rodada. O único gol alvinegro foi marcado por Felipe Garcia. 

Primeiro Tempo

O início de jogo foi bastante movimentado. Logo no primeiro minuto, Lucas Mendes chegou bem pela direita e cruzou. A zaga do Coritiba afastou, mas Thomaz ficou com a segunda bola e finalizou em direção ao gol, mas ela foi para fora. 

Logo depois, aos 4, Thomaz sofreu falta do lado esquerdo e Longuine foi para a bola. O meia mandou direto para o gol e exigiu a primeira boa defesa do goleiro Wilson. Do lado do Coxa, a primeira oportunidade foi aos 8 minutos. Waguininho driblou Vilela e Marcelo, ajeitou e chutou, mas acabou mandando longe do gol, por cima da trave. 

O Fantasma teve uma boa chance aos 25 minutos, quando Marcelo desarmou o adversário perto da área, carregou a bola, entrou na área e finalizou, mas acabou mandando longe do gol. Dois companheiros vinham livres em condições de receber. 

Na bola parada, o Coritiba exigiu boa defesa de Thiago Braga aos 29 minutos. Igor Paixão bateu falta de longe, a bola passou pela área e foi para o gol, mas o goleiro alvinegro se esticou e espalmou, mandando para escanteio. 

O Coxa cresceu na partida e teve um gol anulado aos 38 minutos. Rafinha cobrou falta pelo lado direito, Léo Gamalho cabeceou, o goleiro espalmou e Henrique completou para as redes, mas estava em posição irregular e a arbitragem assinalou impedimento. Nos acréscimos, aos 47, Igor Paixão entrou na área e soltou uma bomba em direção ao gol, mas Thiago Braga fez outra defesa. O jogo foi até os 49.

Segundo Tempo

A equipe da capital voltou com tudo para a segunda etapa. Logo aos 2 minutos, Igor Paixão cobrou escanteio pela esquerda, Castan subiu mais que todo mundo e cabeceou para abrir o placar. A bola bateu na trave e morreu no fundo das redes.

O Coritiba seguiu atacando e aproveitou outra oportunidade logo aos 7 minutos. Rafinha deu passe para Léo Gamalho na meia lua e ele encontrou Waguininho pela esquerda. O meia bateu cruzado e marcou o segundo gol da noite.

Seguiu dando apenas o Coxa no ataque, enquanto o time do Fantasma parecia abalado com os dois gols sofridos antes dos 10 minutos. Com isso, aos 11 minutos Waguininho encontrou passe para Léo Gamalho, que pegou de primeira, cruzado e ampliou ainda mais o placar. 3 a 0 para os donos da casa.

O Operário conseguiu diminuir a vantagem alviverde aos 18 minutos. Thomaz avançou até a linha de fundo, cruzou, Paulo Sérgio desviou e Felipe Garcia apareceu na segunda trave para cabecear no contrapé do goleiro e balançar as redes.

Aos 35, Alan driblou Natanael e chutou rasteiro, mas Wilson conseguiu boa defesa para evitar o segundo do Fantasma. 

No fim da partida foi a vez do Coxa ter novas chances. Aos 42, Igor Paixão fez boa jogada na esquerda, tocou para o meio da área e Gustavo Buchecha chutou, mas Thiago Braga defendeu e evitou o quarto gol da equipe adversária. Logo depois foi a vez de Léo Gamalho receber de Guilherme Azevedo e finalizar, mas Reniê conseguiu esticar o pé e desviar para a linha de fundo. O jogo foi até os 51, com placar de 3 a 1 para o Coritiba. 

Escalações

Coritiba: Wilson; Natanael (Matheus Alexandre), Henrique, Luciano Castan e Guilherme Biro; Willian Farias, Matheus Sales (Gustavo Bochecha) e Waguininho (Guilherme Azevedo); Rafinha (Robinho), Igor Paixão (João Vitor) e Léo Gamalho

Operário: Thiago Braga; Lucas Mendes, Fábio Alemão, Reniê e Odivan (Vinicius Guedes); Leandro Vilela (Rafael Chorão), Marcelo e Rafael Longuine (Rodrigo Pimpão); Felipe Garcia (Alan), Thomaz e Paulo Sérgio (Gustavo Coutinho)

Ficha Técnica

Coritiba x Operário - 33ª rodada
Local: Estádio Couto Pereira
Data e horário: 03/11 - 18h30
Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa – PI
Árbitro Assistente 1: Rogério de Oliveira Braga – PI
Árbitro Assistente 2: Márcio Iglésias Araújo Silva – PI
Árbitro de Vídeo: Adriano Milczvski – PR
AVAR Jefferson Cleiton Piva da Silva – PR
Observador de VAR: Anderson Carlos Gonçalves – PR
 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC