Operário tem 11 atletas em situação indefinida para o próximo ano

Grupo Gestor deve definir o futuro desses 11 jogadores na próxima semana

Operário tem 11 atletas em situação indefinida para o próximo ano

Rodrigo Pimpão (foto) é um dos jogadores com futuro indefinido no Operário. Foto: André Jonsson/OFEC

PublicidadeNEC

Após o término da série B deste ano, a diretoria do Operário Ferroviário continua no planejamento para a temporada de 2022. Dessa forma, alguns jogadores já foram comunicados que não continuam para a próxima temporada, enquanto outros já tiveram seus vínculos renovados. Falta agora definir a situação de outros 11 jogadores que ainda não tem futuro garantido dentro do clube.

Esses 11 atletas são: Thiago Braga, Rafael Bonfim, Leandrinho, Guedes, Schumacher, Tomas Bastos, Rodrigo Pimpão, Zemarcio, Tibagi, Paulo Sérgio e Henrique.

Quem deve ficar?

Segundo informações apuradas pela Equipe NEC, o goleiro Thiago Braga deve ter seu contrato renovado nos próximos dias. A vontade do jogador é permanecer e a diretoria deve acertar a prorrogação do vínculo do atleta. Além de Braga, o zagueiro Bonfim e o meia Tomas Bastos, ambos em recuperação de lesão, também devem renovar seus contratos.

Quem precisa negociar?

Os jovens Tibagi e Zemarcio, formados nas categorias de base do Fantasma, ainda negociam suas renovações, segundo informações da jornalista Raylane Martins. Rodrigo Pimpão é outro jogador que irá negociar sua permanência no Operário. O atacante tem cláusula automática de renovação para o ano que vem, mas ainda não tem garantia de continuidade na equipe.

O meia Leandrinho é um dos atletas que ainda não foram procurado pela diretoria para renovar. Segundo informações de bastidores, o atleta precisará ser aprovado pelo técnico Ricardo Catalá antes de qualquer oferta de renovação, visto que o treinador ainda não teve a oportunidade de ver o meio-campista atuar.

Já o volante Vinicius Guedes é um desejo da diretoria e da comissão técnica para 2022. Entretanto, o atleta pertence à Chapecoense e precisa negociar um novo contrato com o Fantasma caso queira permanecer. Paulo Sérgio, em término de contrato, ainda não definiu seu futuro, mas a proposta de renovação já foi feita ao jogador. No momento, existe um imbróglio nas negociações para renovação por conta da pedida salarial do atleta.

Schumacher, ídolo do clube e querido pela torcida, também já expressou desejo de permanecer, mas ainda não recebeu proposta oficial do clube. O técnico Ricardo Catalá utilizou o centroavante nas rodadas finais, sempre entrando no 2º tempo. O treinador inclusive elogiou Schumacher publicamente em coletiva de imprensa, entretanto, o atleta também precisa negociar a permanência para 2022.

Quem deve sair?

O goleiro Henrique não deve permanecer. Apesar de ainda não ser uma informação oficial confirmada pelo clube, de acordo com apuração da Equipe NEC, o goleiro de 22 anos não continua em Vila Oficinas para 2022. O jovem atleta, que está desde 2019 no clube, sequer jogou uma partida oficial com a camisa do Operário.

Planejamento

O técnico Ricardo Catalá quer a maioria dos reforços contratados à disposição para a reapresentação no dia 3 de janeiro. Segundo o próprio treinador, o elenco terá, no máximo, 30 jogadores no plantel em 2022. A equipe terá 20 dias de pré-temporada, visto que a estreia no Campeonato Paranaense está marcada para 23 de janeiro, contra o União Beltrão, no Germano Krüger.

Assine o Clube NEC!

Colabore para manter a nossa cobertura de jornalismo independente sobre o esporte de Ponta Grossa (PR). Você tem opção de ajudar com uma pequena quantia todo mês no crédido recorrente ou, então, um valor para o plano semestral com desconto e opção de parcelamento ou boleto bancário em cota única!

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC