Andrezinho realiza novos exames para saber gravidade de luxação

Atacante do Operário deslocou o cotovelo no jogo com o Maringá

Andrezinho realiza novos exames para saber gravidade de luxação

Andrezinho (no alto) passa por exames para atestar grau de luxação - Foto: Josué Teixeira/Arquivo

O atacante Andrezinho, do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC), realiza hoje novos exames em Ponta Grossa para verificar a gravidade da luxação sofrida no empate com o Maringá. Ao disputar uma bola, o atleta caiu e tirou o cotovelo esquerdo do lugar.


Andrezinho havia acabado de entrar na partida e precisou ser substituído pelo meia Eliomar. O atacante do Fantasma recebeu os primeiros atendimentos ainda no Estádio Willie Davids para amenizar a dor e reposicionar o cotovelo.


Na sequência, Andrezinho foi levado de ambulância a um hospital de Maringá. Lá realizou raio-x. “A principio, não foi identificada fratura ou ruptura de tensões e articulações”, detalha o fisioterapeuta do Operário, Jackes Ziarescki.


Porém, ele explica que o exame apontou "presença de fragmentos" ainda desconhecidos na região da lesão. Por isso, o atacante irá realizar exames específicos. “Pode ser algo de um problema anterior, por exemplo”.


Com a luxação em si já constatada, a equipe médica do Operário espera a nova avaliação para determinar o tratamento. “Se for só a luxação, ele fica fora por 15 dias. Se for algo mais sério, demorará mais”, aponta Ziarescki.


Ainda no gramado, Andrezinho conseguiu realizar movimentos com os dedos, como sinal de positivo. “A princípio, se tivesse rompimento, o local ia inchar muito e ele não conseguiria mexer a mão”, avalia o fisioterapeuta do Operário.


Leia também:

Operário empata com o Maringá na estreia

Schulle acredita na evolução da equipe


Se apenas a luxação se confirmar, Andrezinho receberá medicação específica e terá que imobilizar o local da lesão. Na sequência do tratamento, haverá sessões de fisioterapia para que os movimentos sejam reabilitados.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!