Operário se impõe e derrota o Foz

Com dois gols no primeiro tempo, Fantasma vence a primeira partida no Paranaense de 2015 e chega ao quarto lugar na tabela de classificação

Operário se impõe e derrota o Foz

Jogadores comemoram gol do Operário, no primeiro tempo de jogo - Foto: Josué Teixeira

PublicidadeNEC

E o Fantasma lavou a alma no Eco Estádio!! Debaixo da forte chuva que caía na capital paranaense, o Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC) se impôs tecnicamente e derrotou o Foz do Iguaçu por 2 a 0, em jogo válido pela segunda rodada do Paranaense de 2015. Os gols da partida foram marcados pelos atacantes Douglas e Paulino.


O primeiro gol do time de Vila Oficinas saiu aos 15 minutos, com o atacante Douglas convertendo pênalti sofrido por Paulinho, que foi atropelado pela zaga do Foz depois de ser bem lançado pelo meia Ruy. O Fantasma ampliou ainda na primeira etapa. O meia Ruy deixou o marcador na saudade e cruzou para Paulinho, que bateu cruzado e fez 2 a o para o alvinegro.


No começo da segunda etapa, o OFEC adiantou a marcação e passou a sufocar o Foz no campo de defesa. O time teve chances de matar a partida, mas desperdiçou. Com passar do tempo, o time do oeste equilibrou as ações e começou a assustar o time de Vila Oficinas, que levava grande perigo nos contra-ataques, tanto que quase ampliou aos 22, com o armador Ruy. As melhores chances do Foz vieram em bola partida, mas a equipe não soube aproveitá-las.


Com o resultado, o Fantasma foi a 4 pontos e chegou ao quarto lugar do Campeonato Paranaense de 2015. Sem somar pontos, o Foz segue na lanterninha da competição. Na próxima rodada, o Operário mede forças com o Coritiba, que tem 100% de aproveitamento. O jogo acontece no próximo sábado, às 19h30, no Estádio Couto Pereira. Já, o time do oeste tenta a recuperação contra o Nacional, em casa, às 17 horas de domingo.

 

 

Ficha técnica:


Operário: Jonathan; Danilo Baia, Douglas Mendes, Marcelo Carvalho e Peixoto; Chicão, Léo Salino, Pedrinho (Sosa) e Ruy (Joelson); Paulinho (Eliomar) e Douglas. Técnico: Itamar Schulle.

 

Foz do Iguaçu:

Edson Bastos; Alex Travassos, Leandro Silva, Júnior Fell e Carlão; Cícero, Diego Perini, Edinho e Safira (Lucão); Thiago Henrique (Negreiros) e Baiano. Técnico: Edson Borges.

 

Arbitragem: José Mendonça da Silva Jr. - Luiz Alexandre Fernandes (4º árbitro)

Assistentes: Fabrício da Silva Martins e Eduardo Luis Teixeira Furiatti

 

Local e horário: Eco Estádio, em Curitiba, às 20h

 

Compartilhe essa notícia com seus amigos!