Operário descobre erro em exames a respeito de lesões de jogadores

Própria clínica "confirmou" suspeita do departamento médico alvinegro

Operário descobre erro em exames a respeito de lesões de jogadores

Danilo Báia volta aos treinos com bola após se recuperar de lesão muscular - Foto: Emmanuel Fornazari

PublicidadeNEC

A série de lesões e o tempo de recuperação de jogadores podem ter recebido influência além do que o departamento médico do Operário poderia controlar. A divergência entre laudos e as sensações dos próprios atletas criou suspeita sobre a confiabilidade dos exames realizados com o elenco contundido.

A certeza de que havia algo estranho veio após a confirmação por parte da própria clínica responsável sobre equívoco em um dos procedimentos. O caso com o lateral/volante Jhonathan Silva foi a gota d"água. Procedimento realizado com o atleta apontava a inexistência de lesão muscular.

Destaque:

No entanto, as dores seguiam em Jhonathan. Foi quando representantes da empresa responsável entraram em contato para "avisar" ao departamento médico do Fantasma sobre o erro de avaliação. O jogador tinha, sim, lesão muscular e precisaria de tratamento específico, algo descartado pelo primeiro laudo.

O equívoco trouxe à tona situações semelhantes, como dois exames realizados com o lateral direito Danilo Báia. Numa primeira avaliação, o diagnóstico foi para lesão muscular grau 1. Dias depois, o exame foi refeito para verificar a evolução do tratamento e resultado: lesão muscular grau 2.

Pasme, os exames se contradiziam e apontavam agravamento de uma lesão em pleno tratamento - situação incoerente e que intrigou ainda mais o DM. Outro caso envolveu o atacante Lúcio Flávio, comentado, inclusive, pelo próprio jogador em coletiva de imprensa após a vitória contra o Inter de Lages.

"O exame não dava nada e eu sentindo dor. Me perguntava: como não tem nada se eu estou sentindo? É algo complicado, porque pode levantar uma série de desconfianças indevidas, sobre o jogador, sobre o departamento médico do clube, sendo que ninguém tinha culpa disso", lamentou.

Leia também:

Após os erros, o Operário realizou exames em outra clínica de Ponta Grossa para tirar a prova real sobre a situação de jogadores. Atualmente, permanecem no DM os laterais Peixoto e Jhonathan e o goleiro Richard. Báia retoma os treinos com bola nesta semana junto com o grupo.
Compartilhe essa notícia com seus amigos!