Juba desafia dores para jogar

Avante do Operário sente desconforto considerado normal por médicos

Juba desafia dores para jogar

Juba relata dor ao dizer que ainda busca forma física ideal - Foto: Josué Teixeira

PublicidadeNEC

Cotado para ser titular diante do Coritiba, o atacante do Operário Ferroviário Esporte Clube (OFEC), Juba, acabou entrando apenas no segundo tempo da partida. O técnico Itamar Schulle que anunciara a titularidade justificou a mudança.


Juba ainda não se sentia confortável devido às dores que permanecem no joelho direito. Ao Net Esporte Clube, o atleta confirmou que o incômodo ainda é grande. "Em alguns movimentos, eu ainda sinto muita dor", lamenta.


Porém, apesar desta adversidade, Juba deve estar em campo contra o Londrina nesta quarta-feira (10). "Os médicos me falaram que esta dor é normal e que vou conviver com ela por um tempo. Tenho que me superar", projeta.


O fisioterapeuta do Operário, Jacks Ziarescki, confirma que a dificuldade ainda vai acompanhar o atleta pelos próximos dias. No entanto, ele descartou a possibilidade de uma regressão no tratamento.


"Na verdade, as dores que o Juba sente não são propriamente no local da lesão. Ele sente dores por conta do processo de fortalecimento da estrutura em si, algo que ainda vai levar um tempo para parar", aponta o especialista.


Ziarescki explica que não há como prever quando as dores vão cessar porque a evolução depende de como cada paciente - neste caso, um atleta - reage. "Não era uma lesão simples, porém ele evoluiu muito bem", crava.


Leia também:

Operário contrata meia do Inter

Traci apita Londrina e Operário


Mesmo com dores, Juba se compromete a deixar para trás este obstáculo para ajudar o Operário, caso entre em campo. "Se eu for para o jogo, atuarei como sempre joguei, com vontade e dedicação, como foi contra o Coritiba".

Compartilhe essa notícia com seus amigos!
PublicidadeNEC