Em casa, Operário encara o Paraná por primeira vitória no Paranaense

Picoli deve fazer mudanças no posicionamento do time dentro de campo

Em casa, Operário encara o Paraná por primeira vitória no Paranaense

Jogadores do Operário treinam no estádio onde vão pegar o Paraná - Foto: Arquivo/Emmanuel Fornazari

PublicidadeNEC

Uma vitória para dar moral. É o que projeta o Operário diante do Paraná Clube nesta quinta-feira (04), às 19h30, no Estádio Germano Kruger. De um lado, o atual campeão paranaense que busca reabilitação após revés na estreia. Do outro, o tricolor embalado com a goleada diante do JMalucelli.


O Fantasma diante do seu torcedor espera se organizar dentro de campo e conquistar a primeira vitória na competição. O último confronto entre as equipes em Ponta Grossa pelo Campeonato Paranaense foi nas quartas de final quando o time então comandado por Itamar Schulle levou a melhor. Os gols foram anotados por Juba, Ruy e Pedrinho.


Para a partida, o técnico Antonio Picoli terá como novidade entre os relacionados o atacante Willian Lira. O jogador entrou esta semana no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e já pode atuar com a camisa alvinegra. Ele é apontado como reserva imediato de Reinaldo Mineiro.


Por outro lado, o meia-atacante Wagner aguarda liberação junto ao BID - apesar de também estar machucado. O meia sérvio Marko Perovic também não teve o contrato regulamentado para estrear no time de Vila Oficinas.  Já o meia Thiago Silva, liberado pelo Departamento Médico, treina com a equipe e pode ser mais opção no banco de reservas .


O técnico Picoli espera um time mais organizado diante de um adversário que vem embalado por uma vitória por 4 a 1 contra o Jotinha. “Passou a estreia e agora temos que estar preparados para o próximo jogo. Não temos muitas possibilidades para modificar a nossa estrutura, então, vamos reforçar o trabalho que vem sendo feito”, ressaltou.


O comandante alvinegro não confirmou oficialmente os onze que encaram o tricolor, mas adiantou que o time passará por mudanças táticas. “Devido ao pouco tempo e falta de opções para certos setores, não vamos fazer grandes mudanças", argumenta para completar.


"O que acontecerá é de ordem tática, que vamos fazer para enfrentar esta grande equipe”, apontou. Diante disso, o Operário deve enfrentar o time de Claudinei Oliveira com: Juninho; Danilo Baia, Douglas Mendes, Sosa e Peixoto; Chicão, Lucas, Wallacer; Reinaldo Mineiro, Juba e Rafinha.


Paraná quer manter embalo


O Paraná goleou na estreia do Campeonato Paranaense o JMalucelli e agora quer manter o embalo para continuar com 100% de aproveitamento no estadual . Para a partida, o técnico Claudinei Oliveira ganhou uma opção para relacionar os atletas.


O lateral-direito Nei teve o contrato publicado no Boletim Informativo Diário (BID). Porém, a escalação será a mesma da primeira rodada, com Marcos; Nei (Dick), Luiz Felipe, Alisson e Fernandes; Jean, Anderson Uchoa, Válber e Nadson; Robson Fernandes e Lúcio Flávio.
Compartilhe essa notícia com seus amigos!