Operário restringe elenco sub-23 à espera do fim da 1ª fase da Série D

Comissão técnica vai deixar vagas em aberto para atletas em atividade

Operário restringe elenco sub-23 à espera do fim da 1ª fase da Série D

Gerson Gusmão quer jogadores com ritmo de jogo durante a Taça FPF - Foto: Emmanuel Fornazari

PublicidadeNEC

A pouco mais de um mês para a estreia na Taça FPF sub-23, a comissão técnica do Operário Ferroviário já trabalha com a ideia de elenco reduzido para o início do certame. No entanto, a indicação faz parte da estratégia de contratação de atletas para o campeonato.


A intenção do técnico Gerson Gusmão é trazer jogadores em atividade que estejam em equipes a serem eliminadas da Série D. “A primeira fase termina no dia 17 de julho, data em que inicia a Taça FPF. Ou seja, esses jogadores perderiam uma rodada apenas”, projeta o treinador.


A ideia é formar um elenco prévio que possua de 15 a 18 jogadores, que treinarão com o time profissional e possam ser utilizados na Copa do Brasil, caso seja necessário. Dependendo do desempenho das equipes na Série D, os contatos serão intensificados.


Leia também:
Operário define orçamento para a Taça FPF


“Estamos monitorando diversas equipes, então temos opções independente de quais se classifiquem ou não. O que não podemos é perder a oportunidade de trazer jogadores que estarão em atividade, com ritmo de jogo, como esses atletas da Série D”, detalha Gersinho.


O Operário estreia na Taça FPF em 17 de julho contra o Andraus, em Campo Largo (PR). A competição vale uma vaga na Série D de 2017 ao campeão. Antes do primeiro jogo oficial do sub-23, o Fantasma pega o Paysandu pela Copa do Brasil, em Belém (PA), dia 06 de julho.

Compartilhe essa notícia com seus amigos!