PublicidadeNEC

Candidatura de Balansin está mais enrolada do que coligação política

Diretoria do Operário já estuda um novo nome para ser candidato

Por: ‎Emmanuel Fornazari em 10/11/2016 15:22:51 atualizado em 08/12/2018 07:35:59

Vereador eleito pelo PTN, o gerente de futebol Paulo Balansin ainda não definiu se irá ser candidato à presidência do Operário. Comparando a situação com o cenário político, a decisão do dirigente está mais enrolada do que as negociações para a formação da coligação que participou nas eleições municipais, com o Partido da República (PR).


As eleições do Operário acontecem em um mês. Até agora a cúpula, coordenada pelo atual presidente Laurival Pontarollo, não conseguiu definir um candidato à sucessão. Depois de várias recusas, como de Álvaro Góes e Rubens Selski, uma nova negociação acontece – e até mesmo Balansin pode ficar em segundo plano.


"Nós estamos conversando uma pessoa que tem experiência no futebol. Se der certo, irá colaborar muito com o Álvaro [Goes] . Tem o nome do Paulo Balansin também, que faz parte do grupo, porém tornou-se uma opção mais distante", revela Pontarollo.


À reportagem do Net Esporte Clube, Balansin novamente postergou a decisão, argumentando – novamente – que ainda precisa conversar com o presidente do Grupo Gestor, Álvaro Góes. Nas redes sociais, o nome dele havia agradado boa parte dos torcedores do Fantasma.


*Com informações da jornalista Letícia Cabral

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/3562/Candidatura-de-Balansin-esta-mais-enrolada-do-que-coligacao-politica" data-text="Candidatura de Balansin está mais enrolada do que coligação política">
PublicidadeNEC