PublicidadeNEC

Valor de patrocínios não cobre nem metade das despesas do Operário

Fantasma tem acordos encaminhados para a Divisão de Acesso

Por: Redação NEC em 05/01/2017 03:06:01 atualizado em 02/11/2018 01:46:10

Valor de patrocínios não cobre nem metade das despesas do Operário
Álvaro Góes espera concretizar novos acordos nos próximos dias - Foto: Arquivo NEC

Boa parte dos patrocinadores que estamparão os uniformes do Operário Ferroviário na Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense e na Série D do Brasileiro já renovaram vínculo com o clube. Porém, os valores pagos pelas empresas parceiras do alvinegro representam apenas uma pequena parcela nos cofres do Fantasma.


O presidente do Grupo Gestor, José Álvaro Góes Filho, revelou que a publicidade na camisa do Operário rende aproximadamente R$100 mil por mês. Apesar do montante parecer significativo, o valor não cobre nem 50% das despesas da equipe de Vila Oficinas.


“Claro que é um valor importante o que temos com publicidade na camisa. Mas o que temos hoje não cobre nem a metade dos gastos do clube como, por exemplo, a folha de pagamento”, explica Góes.


O dirigente antecipa a manutenção de oito patrocinadores: Cereais Pontarolo, FGV, Grupo Gmad/Madcompen, Masisa, Madero, Mercadomóveis e Proadec. Já a Sicredi conta com contrato até junho. A cúpula ainda negocia a manutenção da Alegra Foods e Frísia, além do Lojão do Keima.

“Boa parte está acertada. Vamos nos próximos dias fechar com os demais e quem sabe teremos o retorno de uma rede de supermercados da cidade para 2017”, deixa no ar Álvaro Góes.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/3777/Valor-de-patrocinios-nao-cobre-nem-metade-das-despesas-do-Operario" data-text="Valor de patrocínios não cobre nem metade das despesas do Operário">
PublicidadeNEC