PublicidadeNEC

Um clube, duas diretorias e dois times: o imbróglio do G. Maringá

Grupos opostos disputam judicialmente comando do Grêmio

Por: Felipe Gustavo em 12/01/2017 09:47:39 atualizado em 06/11/2018 13:06:36

Um clube, duas diretorias e dois times: o imbróglio do G. Maringá
Aurélio Almeida (centro) é reconhecido pela Federação como presidente do Grêmio - Foto: Divulgação/GEM

O futebol paranaense está vivendo mais um daqueles episódios pitorescos e que marcam negativamente os torneios estaduais. A confusão de agora atinge a Divisão de Acesso, que será disputada pelo Operário Ferroviário a partir de março. O ‘problema’ vem de Maringá.


Você já imaginou um clube com duas diretorias, dois treinadores e dois times distintos? Esse é o Grêmio Maringá que se prepara para a Segundona. Ou melhor, são os ‘Grêmios’. Um deles é presidido por David Kadu, enquanto o outro é comandado pelo presidente Aurélio Almeida.


Os dois grupos travam um duelo pelo clube desde 2014, quando Almeida vendeu o Grêmio para empresários. Desde então a disputa está na Justiça, pois Aurélio Almeida alega que o grupo comprador não cumpriu os acordos estabelecidos.


Em meio a todo esse processo, os dois grupos resolveram, separadamente, formar a equipe que vai disputar a Divisão de Acesso. O grupo de David Kadu apresentou Rafael Andrade como novo treinador e, inclusive, contratou os primeiros reforços. Já o lado de Aurélio Almeida anunciou oficialmente o ex-corintiano Tupãzinho como comandante da equipe.


A situação embaraçosa fez com que a Federação Paranaense (FPF) emitisse uma nota de esclarecimento a dois dias do Arbitral da Divisão de Acesso. O comunicado confirma que a FPF reconhece Aurélio Almeida como presidente do Grêmio. Apesar do pronunciamento da entidade, a história ainda deve render mais capítulos nos próximos dias.


Veja a nota de esclarecimento da Federação Paranaense:


A Federação Paranaense de Futebol informa que, para a entidade, o presidente do Grêmio Maringá S/S Ltda é o Sr. Aurélio Almeida. O fato é baseado em documentos apresentados à FPF e nas decisões do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) e do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).


De acordo com parecer do Departamento Jurídico da Federação Paranaense de Futebol, o Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná entendeu pela ausência de representatividade do Sr. David Marcelo Ferreira frente ao Grêmio Maringá S/A Ltda, mesmo entendimento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva.


Além disso, a última alteração contratual do referido clube consta o Sr. Aurélio Almeida como sócio majoritário e detentor de 99,99% das cotas sociais e o único com poderes de administração da sociedade no momento.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/3809/Um-clube-duas-diretorias-dois-tecnicos-e-dois-times-o-imbroglio-do-Gremio-Maringa" data-text="Um clube, duas diretorias e dois times: o imbróglio do G. Maringá">
PublicidadeNEC