PublicidadeNEC

Diretoria do OFEC supera "síndrome de Perovic" e limita contratações

Crise financeira afeta diretamente a preparação do Fantasma

Por: Redação NEC em 20/01/2017 02:49:42 atualizado em 01/11/2018 12:28:38

Diretoria do OFEC supera
Álvaro Góes fala em evitar erros anteriores - Foto: Julia Abdul-Hak/FPF

Quando se fala em contratações no Operário Ferroviário o discurso é de qualidade e não de quantidade. Além de priorizar um elenco enxuto, a realidade financeira do clube entrou como um dos fatores determinantes para o anúncio de reforços. O presidente do Grupo Gestor, José Álvaro Góes Filho, setencia que o Fantasma aprendeu com ‘erros do passado’ e ‘loucuras’ não serão permitidas.


“Tivemos muita experiência com erros anteriores. Vamos trazer jogadores de qualidade. Sem extravasar para não comprometer o orçamento lá na frente”, atesta. O dirigente não cita nomes, mas um dos erros mais recentes do Fantasma foi a contratação do sérvio Marko Perovic, que recebeu mais de R$100 mil sem sequer entrar em campo no segundo semestre do ano passado.


O objetivo agora é trabalhar de acordo com o orçamento reduzido do clube - afetado pela saída de patrocinadores e pela queda no número de sócios-torcedores. “Vamos trazer os atletas que o Gerson [Gusmão] quer dentro da nossa realidade. Acima de tudo eles precisam mostrar comprometimento com os objetivos do Operário”, conclui o presidente do Grupo Gestor.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/3848/Diretoria-do-Operario-supera-sindrome-de-Perovic-e-limita-contratacoes" data-text="Diretoria do OFEC supera "síndrome de Perovic" e limita contratações">
PublicidadeNEC