PublicidadeNEC

Receoso, Operário estuda presença em torneio do segundo semestre

Fantasma corre risco de repetir experiência recente e ficar sem calendário

Por: Redação NEC em 30/01/2017 03:52:34 atualizado em 01/11/2018 12:34:36

Receoso, Operário estuda presença em torneio do segundo semestre
Torcida alvinegra comemorou o título da Taça FPF 2016 no Germano Krüger - Foto: Matheus Fanchin/OFEC

Com calendário completo para a atual temporada, o Operário Ferroviário tem como foco o retorno à primeira divisão do Campeonato Paranaense e o acesso à Série C do Brasileiro. Paralelo aos principais objetivos, a diretoria alvinegra ainda estuda uma possível participação do clube na Taça FPF durante o segundo semestre.


Foi justamente com a conquista do torneio Sub-23 que o Fantasma carimbou a vaga para a Série D. Se não disputar a Taça FPF neste ano, a única chance do Operário ter calendário cheio em 2018 é alcançando a terceira divisão do futebol brasileiro. Do contrário ficará ausente de qualquer competição nacional.


Em 2015, por exemplo, o clube concentrou forças somente na Série D e optou por não jogar a Taça FPF. O resultado final? O Fantasma foi eliminado pelo Remo nas quartas de final e ficou sem campeonatos profissionais no segundo semestre de 2016.


A situação para este ano é bastante parecida e a incerteza marca os bastidores de Vila Oficinas. “O Operário ainda avalia se irá jogar ou não a Taça FPF. Nós vamos aguardar a manifestação da CBF para sabermos se terá ou não essa vaga na Série D”, explica o diretor de futebol do Fantasma, Carlinhos Albuquerque.


A Taça FPF está programada para o segundo semestre, mas a convocação dos clubes para o campeonato deve acontecer em maio, quando o Operário ainda estará no início da Série D. Ou seja, sem qualquer certeza sobre o calendário de competições para 2018.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/3889/Receoso-Operario-ainda-estuda-participacao-em-torneio-do-segundo-semestre" data-text="Receoso, Operário estuda presença em torneio do segundo semestre">
PublicidadeNEC