PublicidadeNEC

OFEC lança camisa feminina sem cores tradicionais e gera polêmica

Uniforme foge do padrão alvinegro, agrada uns, mas revolta outros

Por: Redação NEC em 02/03/2017 16:18:43 atualizado em 06/11/2018 21:55:13

OFEC lança camisa feminina sem cores tradicionais e gera polêmica
Opção rosa da camisa do Operário foi anunciada pela direção - Arte: Divulgação

A diretoria de marketing do Operário anunciou que a fornecedora de material esportivo vai produzir um quarto modelo de uniforme para a temporada 2017. A peça, voltada para o público feminino, possui como cor predominante o rosa.


A publicação da novidade nas redes sociais oficiais do clube despertou polêmica dentro da torcida. De um lado teve quem gostou da opção. “Amei, não vejo a hora de comprar”, comentou uma torcedora. Outra motivou: “Tem como ganhar essa e a oficial?”.


No entanto, parte da torcida se mostrou revoltada com a opção de deixar de lado as cores tradicionais do clube: preto e branco. “A cor foge muito do time”, disse um torcedor, acompanhado por outro: “Preto e branco, respeitem a tradição”, comentou.


 

Um grupo também lembrou que há uma campanha que incentiva o público a ir ao Estádio Germano Kruger de preto e branco. O objetivo é diminuir a presença de camisas e cores de outros times. E a lógica faz sentido também com o público feminino.


Andressa Aparecida Oliveira, por exemplo, já teve uma camisa rosa do Operário – quando da primeira ação deste tipo feita pelo clube. Ela afirma que não compraria outro peça dessa cor, justamente porque a tradição do clube precisa falar mais alto.  


“Não é porque sou mulher que eu gosto de usar a rosa. Comprei a anterior porque até achei bonita, mas a preferência agora pelo alvinegro é porque todo mundo vai de preto e branco ao estádio. Pretendo comprar outra camisa do Operário, mas não rosa, e sim preta e branca”.


Ainda na publicação oficial do Operário, a  torcedora Patrícia Barros criticou: “Eu tenho a camiseta oficial do fantasma modelo tradicional. Estava aguardando o modelo feminino, mas rosa não dá, né? Onde ficam as cores do nosso clube? Diretoria, vamos repensar na cor!”, cobra.


Camisa da Anitta


A primeira versão rosa da camisa do Operário foi lançada em 2013, num show da cantora Anitta, na Munchen Fest. O modelo possuía destaque do rosa, mas com a manutenção do preto e branco. “Façam preto e branco, com detalhes em rosa”, sugeriu um torcedor na postagem do clube, lembrando – propositalmente ou não – ao modelo passado.


Versão do clube


Através da assessoria de imprensa, o diretor de marketing, André Bellotto, explica que o objetivo é inovar. “Sabemos que o Fantasma tem muitas torcedoras mulheres, então é um modelo que oferece uma opção diferente das tradicionais”, aponta.


A produção do Net Esporte Clube já solicitou uma entrevista para questionar o clube sobre a repercussão do modelo feminino perante a torcida. O Operário também informou que haverá peças paras as mulheres nas cores tradicionais. Ao contrário da escolha das camisas de jogo, não houve votação com as torcedoras sobre o modelo rosa.

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/4043/OFEC-lanca-camisa-feminina-sem-cores-tradicionais-e-gera-polemica" data-text="OFEC lança camisa feminina sem cores tradicionais e gera polêmica">
PublicidadeNEC