PublicidadeNEC

Operário defende invencibilidade de quase um ano em jogos oficiais

Fantasma volta a jogar no próximo domingo (28) pela Série D

Por: Felipe Gustavo em 24/05/2017 11:03:50 atualizado em 14/12/2018 14:14:38

Operário defende invencibilidade de quase um ano em jogos oficiais
Serginho comemora gol que garantiu a marca de 20 jogos de invencibilidade - Foto: Bianca Machado/OFEC
O Operário Ferroviário sustenta uma das mais longas invencibilidades do futebol nacional. Após a vitória de 1 a 0 sobre o Brusque, pela abertura da Série D do Campeonato Brasileiro, o Fantasma completou 20 jogos sem sentir o gosto amargo de uma derrota.

E lá se vão quase 11 meses desde o último revés alvinegro. O tropeço mais recente aconteceu no dia 6 de julho do ano passado, quando a equipe comandada por Gerson Gusmão perdeu para o Paysandu por 2 a 0, fora de casa. O resultado culminou na eliminação do clube da Copa do Brasil.

Nesse período, o Operário já atuou por três competições: Taça FPF (da qual foi campeão invicto), Divisão de Acesso do Paranaense (competição que liderou na primeira fase e aguarda a retomada dos jogos) e a estreia na Série D 2017.

São 16 vitórias e apenas 4 empates somados até aqui. O ataque do Fantasma balançou as redes em 46 oportunidades e a defesa sofreu somente 6 gols ao todo. Jogadores como os atacantes Vandinho e Jean Carlo, que chegaram para a Taça FPF do ano passado, ainda não sabem o que é perder pelo Operário.

Até mesmo se fossem considerados os jogos-treino disputados pela equipe a sequência seria longa. O último revés em partida preparatória foi no dia 3 de setembro, contra o Coritiba, na capital do estado.

O Operário defenderá a longa invencibilidade novamente neste domingo (28), a partir das 15h, quando visita o São Paulo (RS) no Estádio Aldo Dapuzzo, pela segunda rodada da Série D.
https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/4535/Operario-defende-invencibilidade-de-quase-um-ano-em-jogos-oficiais" data-text="Operário defende invencibilidade de quase um ano em jogos oficiais">
PublicidadeNEC