PublicidadeNEC

Operário é neutralizado e perde para o Espírito Santo longe de casa

Fantasma fica em situação complicada nas oitavas de final da Série D

Por: Felipe Gustavo em 22/07/2017 21:03:43 atualizado em 04/12/2018 12:49:04

Operário é neutralizado e perde para o Espírito Santo longe de casa
Fantasma teve dificuldades na saída de bola em Cariacica - Foto: João Brito/ESFC

O Operário Ferroviário conheceu na tarde deste sábado (22) a primeira derrota no mata-mata da Série D do Campeonato Brasileiro. Jogando no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), o Fantasma foi superado pelo Espírito Santo por 1 a 0.


Sem o mesmo ímpeto das partidas anteriores, a equipe comandada por Gerson Gusmão vai precisar vencer o adversário por dois gols de diferença no jogo de volta, no Germano Krüger, para seguir viva na competição. Triunfo por 1 a 0 leva para os pênaltis. Placares de 2 a 1; 3 a 2… dão a classificação ao clube capixaba.


Primeiro tempo


Com a mesma formação das partidas contra a Desportiva, o Operário foi irreconhecível nos primeiros 45 minutos. Logo no começo o Espírito Santo mostrou que vinha para pressionar e criou as primeiras chances, mas sem efetividade.


O Fantasma respondeu aos 9 minutos, quando Chicão bateu forte da entrada da área e Alan Faria espalmou. A partir dos 22 minutos, os donos da casa passaram a sufocar. Nilo, de cabeça, Edmar e Rafael Serrano arriscaram, mas foi o volante Rodrigo César que abriu o placar.


Aos 34 minutos, a bola sobrou limpa para o jogador do Espírito Santo dominar e mandar para o fundo da meta de Simão. De quebra, o lateral Peixoto levou cartão na sequência e desfalca a equipe no Germano Krüger.


No último lance, Quirino sofreu falta na meia-lua. Washington foi para a cobrança, mas pegou mal na bola e jogou por cima da meta do ‘Santão’.


Segundo tempo


O primeiro lance de perigo da etapa complementar foi do Operário e Quirino perdeu uma chance clara. O atacante alvinegro saiu de frente para o gol, tirou a bola do goleiro, mas ela foi lenta pela linha de fundo.


O lance foi um dos raros momentos bons nos minutos iniciais do segundo tempo. O Fantasma até tinha mais presença no campo de ataque, mas pouco assustava a meta de Alan Faria. As armas alvinegras eram os cruzamentos e os chutes de longa distância.


Nem mesmo as entradas de Robinho, Jean Carlo e Schumacher mudaram o panorama da partida em Cariacica. Até o apito final a equipe comandada por Gerson Gusmão tentou, mas não furou o bloqueio dos donos da casa.


Próxima partida


Operário e Espírito Santo voltam a se enfrentar no domingo (30). A partida de volta está marcada para o Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, a partir das 15h30.


FICHA TÉCNICA


Espírito Santo: Alan Faria; Edmar, Joaquim, Thiago Martinelli e Rafael Serrano; Rodrigo César, Ronaldo Três (Makelele), Rodrigo Pardal (João) e Marcelinho; Vitinho e Nilo (Henrique). Técnico: Cleiton Marcelino


Operário: Simão; Danilo Baia, Sosa, Alisson e Peixoto; Chicão, Índio, Washington (Jean Carlo) e Athos (Robinho); Quirino (Schumacher) e Lucas Batatinha. Técnico: Gerson Gusmão


Data/Horário: 22/07/2017 (sábado), às 16h

Local: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES)

Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado (TO)

Assistentes: Cipriano da Silva Sousa (TO) e Natal da Silva Ramos Junior (TO)

https://www.netesporteclube.com.br/artigo/Operario/4825/Operario-e-neutralizado-e-perde-para-o-Espirito-Santo-fora-de-casa" data-text="Operário é neutralizado e perde para o Espírito Santo longe de casa">
PublicidadeNEC